Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

O Banco Africano de Desenvolvimento, BAD, aprovou um financiamento, desembolsado pelo Fundo de Cooperação Económica Korea‐África, no valor de Seis milhões de dólares americanos, para Moçambique.

De acordo com a Rádio Moçambique,  o valor será usado para custear os estudos de viabilidade e o desenho detalhado do projecto para a construção de diques nas bacias de Búzi e do Save, localizados nas províncias de Sofala e Inhambane, respectivamente.

Em África, Moçambique é um dos países mais vulneráveis a catástrofes relacionadas com inundações, devido à sua localização geográfica e pela existência de áreas de terras baixas propensas a inundações.

Moçambique precisa melhorar as suas infra-estruturas de água para regular adequadamente o escoamento natural e controlar as inundações, só assim, poderá aumentar a disponibilidade de água e suprir demandas, satisfazendo desta forma as necessidades básicas da população e do desenvolvimento económico, para além de mitigar os impactos negativos das inundações e secas.

O projecto de Moçambique foi um dos 20 projectos seleccionados pela KOAFEC para financiamento em África, nesta primeira fase.

Mesmo a propósito, Pietro Toigo, representante BAD em Moçambique, reafirmou o compromisso do BAD em apoiar o governo de Moçambique na gestão de riscos climáticos e na supressão das suas necessidades de Infraestruturas e concluiu dizendo “Estou muito orgulhoso da parceria entre BAD e o governo da Coreia do Sul, que tornou estes estudos possíveis". (Notícias/RM)

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction