CERCA de vinte mil peregrinos da fé são esperados, este fim-de-semana, no Santuário da Namaacha, em Maputo, para a celebração do centenário de Fátima, evocação às Aparições de Santa Maria perante três pastorinhos, que terão ocorrido durante o ano de 1917 na localidade portuguesa de Fátima.

Grande parte dos peregrinos iniciou ontem a caminhada para a vila da Namaacha de vários pontos de Maputo e de outros pontos do país.

O padre Agostinho Raul, reitor do Santuário da Namaacha, disse que o número de peregrinos poderá ultrapassar os 20 mil, e que estão garantidas condições para que, independentemente do número, os crentes realizem a sua experiência de retiro num ambiente condigno.

Em face de casos de desvio de comportamento, maioritariamente protagonizados por jovens, apelou aos peregrinos para que reflictam e definam um objectivo para a sua deslocação, o que vai evitar que se façam ao local para fins não construtivos.

Por questões de segurança, apelou aos peregrinos para que façam o percurso em grupos, no espírito de oração, que é a essência de toda esta celebração.

Os apelos estendem-se aos motoristas que hoje e amanhã estarão na estrada. Devem conduzir com prudência e evitar consumir bebidas alcoólicas para que os passageiros cheguem ao santuário e regressem às suas casas sãos e salvos.

Neste centenário das aparições, o lema da peregrinação é “Maria, guia para a verdadeira reconciliação”, que visa levar os moçambicanos a rezar pela situação política e socioeconómica actual do país.

“O nosso desejo é que cada peregrino se reconcilie com ele mesmo, com os outros e com Deus”, disse o padre.

 O porta-voz do Comando da Polícia em Maputo, Fernando Manhiça, garantiu que os efectivos foram reforçados no percurso e na Namaacha para garantir a segurança e ordem durante a peregrinação.

As operações estão enquadradas no chamado “Plano Vaticano”, que engloba todas as unidades da Polícia e inclui instituições como os Bombeiros e a Cruz Vermelha.

Apelou aos peregrinos para que colaborem com a Polícia de modo que haja ordem e tranquilidade nas cerimónias.         

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ponte Dona Ana: Obras da passadeira relançam...
Terça, 20 Junho 2017
OS habitantes do vale do Zambeze, de que fazem parte as províncias de Manica, Sofala, Tete e Zambézia, estão bastante optimistas no incremento das trocas comerciais, quando for concluída, próximo mês, a reabilitação e iluminação da passadeira na ponte Dona Ana, que liga a vila municipal de Nhamayabwe, distrito de Mutarara, em... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

QUIS o destino que eu escalasse, há dias, a República do Sudão, ...
2017-06-24 08:33:52
FOI no Sazária que naquela manhã do segundo dia da minha estadia em ...
2017-06-24 08:31:46
OS dias que correm são bastante férteis em debates relacionados com a ...
2017-06-23 08:16:46
De tanto se falar dos famosos Mercedes Benz ora comprados para ...
2017-06-23 08:10:04
O OCIDENTE, com os Estados Unidos da América à cabeça, ...
2017-06-23 08:00:54

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2965 visitantes em linha