Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

O Presidente da República, Filipe Nyusi, disse hoje que o acesso a uma energia moderna, segura e fiável a um custo suportável é a premissa para se romper o ciclo vicioso da pobreza

“Este é um momento importante da nossa história e marca uma nova abordagem para o desenvolvimento do nosso país, explicou o Chefe de Estado.

Nyusi falava hoje, durante o lançamento oficial do Programa Nacional de Energia para todos, que teve lugar na capital do país, na presença de parceiros de cooperação, membros do Governo, diplomatas, e quadros ligados área de energia e electrificação rural.

O nosso país está na rota do desenvolvimento, por isso, necessita do nosso empenho para o processo de electrificação.

Mais detalhes nas próximas horas.

Comments

O Serviço Nacional de Migração (SENAMI) registou a entrada, em Moçambique, de um total de 1.573.656 cidadãos estrangeiros, entre Janeiro e Outubro último, número que representa um aumento de 26 por cento, comparativamente a igual período do ano anterior, durante o qual foram registados 1.247.429 cidadãos idos de diversos quadrantes do mundo.
Os dados foram divulgados na sexta-feira, em Maputo, no habitual briefing semanal do Serviço Nacional de Migração com a mídia.
De entre as nacionalidades dos cidadãos em referência, segundo a Superintendente-chefe do SENAMI, Leidita Mahanjane, destaque vai para malawianos, zimbabweanos e sul-africanos.
“De referir que os 1.573.676 cidadãos estrangeiros que entraram no país durante o período em análise representam 30 por cento do movimento migratório global de  5. 178 256 viajantes que entraram e saíram no país, entre nacionais e estrangeiros, registados nos postos de travessia oficialmente estabelecidos”, referiu,           segundo a AIM.
Mahanjane disse que o SENAMI concedeu 59.148 vistos de fronteira a cidadãos estrangeiros que entraram no país a fim de explorar oportunidades de negócio.
“Com a descoberta de recursos naturais no país tornou-se crescente o turismo e afigura-se também como possível causa do aumento de entrada de cidadãos estrangeiros”.
Para além do registo do aumento de cidadãos estrangeiros no país, o SENAMI intensificou acções de fiscalização durante o mesmo período.
“Durante o período em análise foram realizadas 11.023 acções de fiscalização, contra 2.179 de igual período do ano anterior, o que representa um aumento acima de 100 por cento”, disse.
Em resultado da intensificação de acções de fiscalização, segundo a fonte, foram repatriados 1.673 cidadãos estrangeiros que se encontravam ilegalmente no país.
Entretanto, o SENAMI chama atenção a todos os cidadãos que se encontram em território nacional ou que pretendem entrar que a permanência no território nacional obedece a condições previstas na lei.

Comments

Mais de 50 mil títulos de Direitos de Uso e Aproveitamento da Terra (DUAT’s) foram atribuídos a várias comunidades nos últimos 10 meses na província da Zambézia.
O director provincial da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural na Zambézia, Marcos Sapateiro, afirma que a meta estabelecida no actual quinquénio, que vai de 2015 a 2019, é de mais de cinco milhões de DUAT para todo o país, sendo 84.300 estimados para a província da Zambézia, só para este ano.
Segundo noticiou ontem a Rádio Moçambique, Marcos Sapateiro falava sexta-feira numa mesa-redonda realizada em Quelimane, capital da Zambézia, evento que, de acordo com o director executivo da AENA (Associação Nacional de Extensão Rural), Jordão Júnior, visava o aprimoramento de conhecimentos junto das comunidades sobre o uso e aproveitamento da terra.
Jordão Júnior afirmou que o objectivo da sua organização é, igualmente, capacitar as comunidades para a redução de conflitos de terra.
Participaram da mesa-redonda membros da AENA, representantes do governo, membros da sociedade civil, órgãos de comunicação social, entre outros.
A AENA está a implementar as suas actividades nas províncias central da Zambézia e nortenha de Nampula.

Comments

Mais de 108 mil hectares com culturas diversas foram totalmente arrasados na última safra em Gaza, devido à escassez de chuvas e ocorrência de pragas, esta última tida como responsável por perdas em pelo menos 28.641 hectares.
A informação foi prestada à AIM por Ernesto Paulino, director provincial da Agricultura e Segurança Alimentar, numa avaliação preliminar do que foi o desempenho do seu sector ao longo dos primeiros nove meses do ano em curso.
Durante o período em análise, ainda de acordo com a fonte, foram produzidas mais de dois milhões e 426 mil toneladas de produtos diversos, uma realização correspondente a pouco mais de 80 por cento, de um plano de três milhões e 12 mil toneladas.
A referida cifra, explica Paulino, representa um decréscimo de aproximadamente 6 por cento, em relação às mais de dois milhões e 579 mil toneladas de igual período de 2017.
No ano prestes a findar destaque vai para a comparticipação da cultura da mandioca, com a arrecadação de uma produção estimada em 851.903 toneladas, do milho com 350.810, batata-doce com 403.856, e hortícolas com 236.411 toneladas.
“Importa realçar que ao longo do período em análise o valor da produção agrícola alcançou 27.426,71 milhões de meticais, o que representa 76,75 por cento de realização e um decréscimo de 5,1 por cento em relação a 28.901,69 milhões de meticais de igual período de 2017, sendo as razões do decréscimo factores ligados à fraca precipitação, pragas e doenças”, disse Paulino.
Até ao III trimestre do ano em curso o sector da Agricultura na província assistiu a mais de 60 mil e 300 camponeses, sob acompanhamento de 132 extensionistas do Estado, da rede pública e privada.

Comments

A Hidráulica do Chókwè (HICEP), na província de Gaza, está a enfrentar dificuldades para dar resposta às necessidades operacionais e de manutenção do sistema do regadio Eduardo Mondlane, situação que coloca centenas de agricultores apreensivos. Leia mais

Comments

Subcategorias

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction