O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, procede esta tarde em Maputo, ao encerramento da Conferência Internacional Crescendo Azul. O evento que teve início, ontem, com a apresentação de diversos painéis sobre assuntos transversais relacionados com governação e sustentabilidade do oceano, inovação, rotas comerciais, energia, entre outros.

Carlos Agostinho do Rosário afirmou num dos painéis ligados ao Financiamento da Economia Azul, que o evento deve servir para a identificação de fontes de financiamento tendo em conta as necessidades de cada área do sector público e privado, de forma a capitalizar as potencialidades e oportunidades de investimentos existentes dentro desta estratégia.

Segundo o governante, estudos disponíveis apontam que, até ao ano 2050,o desenvolvimento de várias ligadas a Economia Azul poderá geral cerca de três trilhões de dólares norte americanos, em benefício das economias ligadas a esta iniciativa.

Na abertura oficial do evento, o Presidente da República, Filipe Nyusi, considerou que Moçambique tem obrigações e responsabilidades acrescidas na frente universal de defesa do oceano, pelo facto de ser banhado pelo Oceano Índico e ser dotado de ricos e extensos recursos marinhos.

Na sua intervenção, o Presidente Nyusi afirmou que os ecossistemas de mangais desempenham funções importantes contra a erosão costeira, na saúde e reprodução de habitats marinhos.

“Para o caso específico de Moçambique, é graças ao papel vital desempenhado por estes ecossistemas, que temos o camarão, caranguejo e lagosta. Neste âmbito, o país está a empreender acções de combate à devastação de florestas de mangais, enquanto prossegue a elaboração de uma estratégia e plano de acção de gestão e restauração do mangal”, disse.

A Conferência Crescendo Azul é uma plataforma de diálogo internacional sobre os assuntos do mar e oceanos, com acento tónico no desenvolvimento da economia, e que junta personalidades de vários quadrantes do globo com o objectivo de identificar medidas de governação sustentável dos mares e oceanos.

O Presidente das Seychelles, Danny Faure, convidado de honra no evento, disse que a realização do evento, em Maputo, representa uma demonstração da união de interesses comuns em questões relacionadas com a economia azul.

As Ilhas Seychelles são consideradas um país modelo na gestão do mar e oceano em África.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction