Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

NO âmbito de um projecto conjunto de sensibilização ambiental da New Sigma com o Conselho Municipal de Maputo em colaboração com a Direcção Nacional do Ambiente, é inaugurado amanhã, um “Mural de Azulejos de Plástico Reciclado”. Leia mais

Comments

A EXISTÊNCIA do amendoim com incidência de diversas espécies fúngicas é um indicador da necessidade de vigilância e monitoria deste produto, antes de chegar aos consumidores. Leia mais

Comments

 TRINTA bolseiros moçambicanos partiram quinta-feira última com destino à República Federal da Rússia, onde serão formados em diversos cursos do nível superior, sob expensas do Instituto de Bolsas de Estudo (IBE), instituição tutelada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional. Leia mais

Comments

O Banco Mundial aprovou ontem uma doação da Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA) no valor de 45 milhões de dólares para apoiar a segunda fase do Projecto de Áreas de Conservação para Biodiversidade e Desenvolvimento do Governo de Moçambique, conhecido sob a sigla MozBio (Fase 2).

Um comunicado enviado ontem refere que o programa MozBio 2 visa contribuir para melhorar a subsistência das comunidades locais que vivem em torno das Áreas de Conservação (AC) e apoiar a preservação da vida selvagem, biodiversidade e ecossistemas de Moçambique.

Estima-se que quase 10 mil famílias (cerca de 50 mil pessoas) possam ser beneficiadas directamente do projecto, aumentando a sua renda, a disponibilidade de emprego e fortalecendo a capacidade de cadeias de valor que dependem de recursos naturais, como turismo, agricultura de conservação, uso sustentável da vida selvagem e produtos florestais não madeireiros.

“A gestão sustentável de recursos é fundamental para reduzir a pobreza e promover a prosperidade partilhada. É por isso que temos orgulho de reafirmar o nosso compromisso com o MozBio 2. O programa é uma oportunidade para fortalecer as Áreas de Conservação de Moçambique e transformar os meios de subsistência das comunidades rurais,” disse Mark Lundell, Director do Banco Mundial para Moçambique, Madagáscar, Ilhas Maurícias, Seichelles e Comores.

O comunicado refere ainda que o MozBio 2 contribuirá para a protecção de cerca de 1 milhão de hectares entre as três AC diferentes.

Isto incluirá habitats únicos, tais como a maior zona húmida e local de Ramsar em Moçambique, na Reserva de Marromeu, uma das poucas florestas Afromontanas remanescentes em África em Chimanimani, e o centro de endemismo de África, na Reserva Especial de Maputo.

O projecto também mitigará as mudanças climáticas protegendo os habitats ricos em carbono, abordando as causas do desmatamento (como a agricultura de corte e queima) e melhorando a gestão das áreas de conservação. No total, o projecto evitará emissões  equivalentes a 11 milhões de toneladas de CO2 ao longo de um período de 20 anos.

“O MozBio 2 centra-se na melhoria dos meios de subsistência das comunidades rurais como uma estratégia para reduzir a pressão sobre as áreas protegidas e os seus recursos naturais. Esta operação faz parte de um programa maior e integrado de gestão da paisagem e baseia-se nas suas instituições e conhecimento, incluindo o sistema de matching grants (subsídios) para promover negócios sustentáveis,” disse André Aquino, especialista sénior em gestão de recursos naturais do Banco Mundial.

O capital natural substancial de Moçambique inclui 36 milhões de hectares de terra arável e 32 milhões de hectares de florestas naturais (principalmente florestas secas de miombo, mas também grandes áreas de mangal).

Sua costa de 2700 km, a quarta mais longa da África, abriga alguns dos recifes de corais mais espectaculares do mundo. Apesar desta rica biodiversidade, as taxas de pobreza são extremamente altas em toda a população que vive dentro e ao redor das AC e Moçambique é um dos países mais pobres do mundo.

Comments

O VICE-ministro da Saúde, João Leopoldo da Costa, aconselhou os futuros enfermeiros em formação no Instituto de Ciências em Saúde de Maputo (ICSM) a pautar por princípios básicos de humanização, de modo a devolverem o prestígio, que no passado caracterizou a profissão. Leia mais

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction