38.4 C
Maputo
Quinta-feira, 6 - Outubro, 2022

Educadores de infância animados com a reabertura das escolinhas

+ Recentes

Notificado primeiro caso ...

AR: Aprovadas propostas p...

MDM preocupado com o cust...

Viana sugere plataforma d...

A RETOMA das actividades no ensino pré-escolar, no país, e em particular na cidade e província de Maputo anima os gestores e educadores dos jardins infantis que há quase um ano estavam no desemprego, devido às restrições impostas para conter a propagação da Covid-19.

A permissão para a reabertura do ensino pré-escolar, a partir de amanhã, foi anunciada, semana passada, pelo Presidente da República (PR), Filipe Nyusi, tendo em conta a actual evolução da pandemia, marcada pela redução de contágios e mortes pela doença.

Atendendo a situação da Covid-19, as autoridades listaram 49 requisitos para o retorno seguro dos meninos aos centros infantis, de modo a que estes locais não sejam focos de transmissão da doença.

Entre as exigências, destacam-se a observância do distanciamento físico, que implica a demarcação dos espaços, a disponibilidade de produtos de higienização e desinfecção, a adaptação das actividades para o actual contexto e a abertura de um gabinete de isolamento para atendimento de casos suspeitos.

 Algumas escolinhas, com muito sacrifício e outras com recurso a empréstimos bancários, já criaram condições necessárias para acolhimento da pequenada. Entretanto, há estabelecimentos, sobretudo os privados que se manterão encerrados, devido à falta de dinheiro para por mãos à obra.

Por outro lado, os pais estão entusiasmados em ver os filhos a beneficiar da educação infantil, por entender que esta vai facilitar a sua inserção no ensino primário. Leia mais

- Publicidade-spot_img

Destaques