16.8 C
Maputo
Sábado, 13 - Abril, 2024

FESTIVAL MAKOTI: Moçambicanas ilustram mulher africana no Eswatini

+ Recentes

A CANTORA Tchakaze, a estilista Mabenna e o grupo Tufo da Mafalala representarão o país na terceira edição do Festival Makoti, a decorrer a 27 de Abril, no vizinho Eswatini.

A informação foi avançada sexta-feira, em Maputo, pelos organizadores do evento, durante uma conferência de imprensa sobre aquela que é uma das mais importantes montras internacionais de música, gastronomia e moda africana no Eswatini.

© Féling Capela

Tchakaze disse que levará para aquele evento uma proposta musical inspirada nas tradições do país, bem como temas sobre a relevância da valorização da mulher, como se nota no seu álbum “Tchukela”, lançado em 2019.

“Serei a Tchakaze que conhecem em Moçambique, mas nova para o público de lá. Se possível, vou traduzir algumas músicas, pois 80 por cento delas estão em Xichangana, num álbum com 12 faixas, sendo metade sobre a mulher”, comentou.

Por seu turno, Rainha Saquina, do Tufo da Mafalala, promete representar melhor a cultura moçambicana, sobretudo a de Nampula, onde mais predomina a dança que o agrupamento interpreta.

© Féling Capela

“Vamos arrasar para não envergonhar o país. Somos senhoras grandes, mas quando estamos no palco tal não parece”, explicou, lembrando que esta será mais uma agradável aventura de um grupo que já se apresentou em países como Argélia, Itália e Brasil.

Já a modelo Safira Ussumane, representante da estilista Mabenna referiu que para o Festival Makoti levará uma colecção de sete peças de roupa que ilustram a diversidade cultural do país. “Queremos através da moda mostrar que as africanas sabem realmente vestir”, explicou.

O Festival Makoti, que traduz vários povos e costumes, é também um pretexto para celebrar a mulher e lutar contra a violência de género, bem como promover a sua emancipação.

Moçambique estreou-se naquele evento no ano passado com artistas como Juliana de Sousa, Maneto, Henriqueta Macuácua e Bhaka Yafole, que promoveram a cultura moçambicana através da música e moda, bem como uma exposição de produtos artesanais e gastronómicos.

Esta oportunidade para os artistas locais acontece graças ao memorando de entendimento assinado entre a produtora moçambicana Pl’arte D’Alma e a da Eswatini New Life Entertainment, organizadora do Makoti Festival.

O acordo prevê, entre outros, o intercâmbio cultural entre os dois países através da facilitação de mobilidade entre artistas.

© Féling Capela
© Féling Capela

Leia mais…

- Publicidade-spot_img

Destaques