23.3 C
Maputo
Quinta-feira, 6 - Outubro, 2022

ADIN apresenta plano para relançar região norte

+ Recentes

A AGÊNCIA de Desenvolvimento Integrado do Norte (ADIN)  vai apresentar, este mês, ao Governo um plano estratégico para relançar a região.

“A comissão dos consultores deverá trabalhar por mais 15 dias para ver se em meados de Novembro temos a versão final do documento para levá-lo ao Conselho de Ministros”, disse há dias, Armindo Ngunga, presidente da ADIN.

Ngunga falava em Pemba, no final de uma reunião extraordinária da ADIN para validar a “estratégia de resiliência e desenvolvimento integrado”.

A estratégia assenta “na paz, bem-estar da população e combate a conflitos”, recorrendo à experiência de organizações internacionais como as Nações Unidas e União Europeia (UE) noutros pontos do mundo.

O dirigente diz que se trata de um instrumento de trabalho para “abordar vários aspectos”, sendo que a paz é um “elemento fundamental para tudo o que possamos pensar em termos de desenvolvimento da região”.

“Precisamos de encontrar uma estratégia de trazer sossego à região norte, consolidar as relações entre as pessoas e conciliar a capacidade de confiança entre comunidades”, disse. 

Segundo Ngunga,  o apoio a projectos faz parte também da estratégia, pois  “não podemos querer financiamentos sem um instrumento ou documento, como o que está prestes a ser concluído”.

Armindo Ngunga disse ainda que a estratégia para o Norte deverá avançar em paralelo com o plano de reconstrução de Cabo Delgado, para repor infra-estruturas, lançado em Setembro pelo Governo e orçado em 256 milhões de euros.

Daquele total, 170 milhões de euros são destinados à implementação de acções de curto prazo (reposição da administração pública, unidades sanitárias, escolas, energia, abastecimento de água, entre outros), decorrendo a mobilização de parceiros para o financiamento.

Até ao momento, foi anunciado um apoio de 86 milhões de euros para o plano de reconstrução pelo Banco Mundial.

A ADIN foi criada em Março de 2020 pelo Conselho de Ministros para a promoção de acções de carácter multiforme visando o desenvolvimento socioeconómico das províncias de Cabo Delgado, Niassa e Nampula, Norte de Moçambique.

- Publicidade-spot_img

Destaques