PHC

Director: Lázaro Manhiça

MOÇAMBIQUE considera necessária uma acção concertada dos países membros da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), com vista a melhorar a dieta alimentar e nutricional nos Estados membros da organização.

De acordo com a ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas, Augusta Maíta, a necessidade de estreitar a parceria justifica-se com a necessidade de minimizar os impactos da pandemia da covid-19, da cíclica ocorrência de eventos climáticos extremos como ciclones, cheias e seca que  têm estado a afectar negativamente a segurança alimentar e nutricional na região.

Dados avançados hoje, durante a Reunião Conjunta dos Ministros da SADC Responsáveis pela Agricultura e Segurança Alimentar, Pescas e Aquacultura, realizada virtualmente, indicam que,  em 9 dos 16 Estados que compõem a organização, mais de 60 por cento das crianças crescem atrofiadas devido à fraca dieta alimentar e nutricional.

“Deste modo, gostaríamos de apelar para uma acção concertada da região quanto à segurança alimentar e nutricional na Cimeira das Nações Unidas sobre Sistemas Alimentares, a decorrer em Setembro próximo, em Nova Iorque, para lançar novas acções para transformar a forma como o mundo produz e consome os alimentos”, disse Augusta Maíta.

Na ocasião, a ministra, que falava na qualidade de presidente da Reunião Conjunta, referiu-se sobre várias acções em curso visando erradicar a pobreza e a insegurança alimentar destacando, nesse contexto, a implementação da Estratégia e Plano de Acção Regional para Aquacultura da SADC.

“A visão da SADC é aumentar a produção da aquacultura, estimada em 100.950 toneladas em 2020, para 355.400 toneladas por ano até 2030. Este objectivo será alcançado através da produção diversificada e cadeias de valor integradas, que estão posicionadas para concretizar os objectivos globais do Estratégia e Plano de Acção Regional”, afirmou.

Augusta Maíta  enalteceu ainda “as várias iniciativas de criação dos Centros Nacionais de Investigação Agrícola, que têm um papel preponderante na transformação agrícola e, consequentemente, na integração regional”.

“Os esforços combinados na SADC são também chamados no combate à pesca ilegal, não regulamentada e não feclarada, que continua a ser uma verdadeira ameaça às economias dos Estados, bem como ao meio ambiente marinho com a destruição da rica biodiversidade que caracteriza a nossa região”, afirmou.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction