Director: Júlio Manjate

O COSTA do Sol, actual detentor do troféu, foi sábado, no Estádio da Machava, afastado da Taça de Moçambique-2019, ao perder por 1-3 frente ao Ferroviário de Maputo, na única eliminatória da fase zonal (oitavos de final).

Quem também caiu fora desta que é a segunda maior prova futebolística do país foi o Maxaquene, que perdeu diante do Clube de Chibuto, por uma bola sem concorrência.

Ainda na Zona Sul, o Black Bulls afastou o Ferroviário de Inhambane a quem derrotou, por 2-0. O Desportivo de Maputo foi a Xinavane colocar fora de prova o Incomáti, ao vencer por 4-2, no desempate por penaltes depois do 1-1 no tempo regulamentar e prolongamento.

Na Zona Centro, destaque vai para o afastamento do Ferroviário da Beira pelo Textáfrica em Chimoio. Os “fabris” venceram, por 2-1, num jogo bastante equilibrado e emotivo. A União Desportiva do Songo, por sua vez, recebeu e “massacrou” o Ferroviário de Quelimane com uma goleada à moda antiga de 7-0. O Ferroviário de Moatize, mesmo jogando no seu reduto, foi afastado pela Liga Desportiva de Sofala, que venceu, por 5-4, na tranformação de grandes penalidades depois do tempo regulamentar e prologamento ter prevalecido o nulo.

No Zona Norte, o Ferroviário de Nacala eliminou o seu homónimo de Nampula, vencendo-o por 2-1, golo conseguido no prolongamente, uma vez que o tempo regulamentar terminou com a igualdade, sem abertura de contagem, a prevalecer. O Baía de Pemba transitou sem precisar de jogar, dado que o Ferroviário de Lichinga não se deslocou à capital de Cabo Delgado, alegadamente por questões financeiras.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction