Imprimir
Categoria: Destaque
Visualizações: 949

O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) agiu à margem do regulamento que rege a segurança social obrigatória, quando decidiu conceder 84 milhões de meticais à CR Aviation, uma empresa de aviação civil, para a aquisição de quatro aeronaves. De acordo com o nº 2 do artigo 106, do decreto nº 53/2007 de 3 de Dezembro, os fundos do INSS devem ser investidos em empresas cotadas na bolsa de valores. Leia mais