Director: Lázaro Manhiça

O Governo mantém o seu compromisso de expandir a rede de distribuição de água às comunidades, mas estas devem corresponder aos investimentos contribuindo para uma boa gestão dos sistemas e uso sustentável do recurso.

O presidente da República, Filipe Nyusi, que ontem inaugurou mais um sistema de abastecimento de água, desta feita na Vila de Chitima, sede distrital de Cahora Bassa, destacou a necessidade do uso racional da água, e manuseamento responsável das infra-estruturas de abastecimento, de modo a garantir a sua longevidade.

“É fundamental o acesso à água potável em quantidade e qualidade. Essa é a nossa agenda, promover a higiene individual e colectiva, o bem-estar das pessoas”, frisou Nyusi.

Na sua intervenção o presidente da República assegurou que o seu governo vai continuar a construir sistemas de captação, tratamento e distribuição de água, e a promover a gestão integrada destas infra-estruturas, com envolvimento das próprias comunidades.

Ao nível da província de Tete, segundo o Chefe do Estado, já estão em pleno funcionamento pequenos sistemas de abastecimento de água no âmbito do programa PRAVIDA nos municípios da Cidade de Tete, Vila de Moatize, Vila de Úlonguè e Vila de Fíngoè, sede distrital de Marávia.

“Estamos igualmente a construir represas para a retenção de água para a agricultura e abeberamento do gado. Neste momento as obras numa fase adiantada estão em curso nas localidades de Alota, distrito de Macanga, Minga no distrito de Zumbu e Namingona distrito de Angónia”, destacou.

O Sistema de Abastecimento de Água à vila de Chitima, ontem inaugurado pelo Presidente da República, conta com 11 furos de captação com uma capacidade de produção total de 64 metros cúbicos por hora, integrando uma conduta de 10 quilómetros a um diâmetro de 160 milímetros. Integra ainda uma Estação de tratamento com capacidade de 100 metros cúbicos por hora.

O sistema é composto ainda por dois reservatórios apoiados de 250 metros cúbicos cada e um depósito elevado com 150 metros cúbicos de capacidade; uma rede de distribuição de 22 quilómetros, 36 Fontenários públicos e 69 ligações domiciliárias já concluídas e outras ainda em curso. Com o novo sistema, a população de Chitima pode agora aceder à água doze horas por dia, no período das 6 às 18 horas.

 

A infra-estrutura recém-inaugurada beneficia cerca de 15 mil pessoas, metade da população da Vila, e foi construída com financiamento da Hidroeléctrica de Cahora Bassa e a mineradora Jindal Stell & Power em cerca de 270 milhões de meticais, tendo as obras sido executadas pelo empreiteiro Julen Construções, num período de 12 meses.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction