Director: Lázaro Manhiça

Flexibilizar o atendimento, reduzindo ao máximo o tempo de espera dos viajantes nos postos fronteiriços, é o essencial dos objectivos da Operação “Khomala”, lançada, ontem, no posto administrativo da Ponta do Ouro, em Maputo.

No limiar da quadra festiva do Natal e Fim de Ano, geralmente caracterizada por um incremento do movimento fronteiriço, a operação tem igualmente em vista garantir a livre circulação de pessoas e bens, e prevenir a ocorrência de acidentes de viação e crimes transfronteiriços.

Até 13 de Janeiro de 2020, a operação deverá supervisionar o movimento de pelo menos 800 mil pessoas em viagens dentro e para fora do país.  

A Operação “Khomala” (palavra na língua Emakua que significa “dê-me licença) integra quadros da Polícia da República de Moçambique, do Serviço Nacional de Migração, das Alfândegas e do Serviço Nacional de Salvação Pública, forças que estão em prontidão para responder a quaisquer eventos de alteração da ordem e segurança.

Bernardino Rafael, Comandante-Geral da Polícia, que procedeu ao lançamento da operação, exortou os intervenientes a assegurarem que os turistas nacionais e estrangeiros entrem e saiam do país em segurança, e sem receio de perder os seus bens.

Do mesmo modo, chamou atenção para que sejam criadas facilidades no atendimento aos mineiros e outros viajantes, de modo que possam chegar cedo aos seus destinos para festejar e conviver com familiares e amigos. O mesmo tratamento, conforme recomendou, deve ser dado aos turistas nacionais e estrangeiros, de modo que possam usufruir e desfrutar da nossa riqueza.

“Chamamos atenção de todos para que se comportem com rigor e profissionalismo para não perturbar os nossos viajantes e turistas. Por essa razão, vamos reduzir os postos de controlo rodoviário para facilitar a mobilidade dos cidadãos. De forma particular, os mineiros não devem parar tanto para poderem chegar aos seus destinos”, exortou.

Apelou ainda para que haja empenho e dedicação dos agentes no patrulhamento, com vista a garantir que a criminalidade não saia do controlo e que os autores sejam imediatamente detidos. O combate à criminalidade, segundo indicou, deve ser uma prioridade para que os turistas não tenham medo de visitar o nosso país e que os moçambicanos possam festejar tranquilamente.

À margem do encontro, o comandante-geral procedeu à distribuição de panfletos aos automobilistas com indicações de procedimentos que devem tomar e linhas de contacto que podem usar em caso de emergência ou necessidade de consulta.

O lançamento da Operação “Khomala” contou ainda com a presença da directores-gerais da Migração e das Alfândegas, Arsénia Massingue e Aly Mallá, respectivamente, e outros quadros dos organismos envolvidos na operação. 

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction