Director: Júlio Manjate

A demora na mobilização do equipamento e as chuvas que caem na Zona Centro do país ditaram o atraso no arranque das perfurações para a pesquisa de hidrocarbonetos em terra no bloco de Búzi, na província de Sofala.

A abertura do furo esteve inicialmente marcada para o final do ano passado, numa operação liderada pela firma indonésia Buzi Hydrocarbons Pte Ltd. (BHPL), em parceria com a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH).

Em declarações ao nosso Jornal, Carlos Zacarias, presidente do Instituto Nacional de Petróleo (INP), explicou que os trabalhos não chegaram a arrancar no período inicialmente previsto devido ao atraso na mobilização dos equipamentos de controlo de furos por parte de uma das empresas subcontratadas.

Admitiu também que as chuvas que caem de há uns dias para cá poderão dificultar ainda mais o acesso ao terreno, tendo em conta as já difíceis condições de transitabilidade no troço Beira/Búzi.

A fonte garantiu, no entanto, que grande parte dos equipamentos necessários para a perfuração já se encontra no Búzi, pelo que se acredita que os trabalhos de perfuração possam ter lugar nos próximos dias.

O bloco de Búzi está localizado ao longo da bacia sedimentar de Moçambique, uma das regiões menos exploradas até ao momento, do ponto de vista de conhecimento do seu potencial em hidrocarbonetos.

A única exploração comercial de gás natural na bacia sedimentar de Moçambique está a ser feita pelo grupo sul-africano Sasol, nomeadamente nos jazigos de Pande e Temane, na província de Inhambane, que exporta a maior parte da produção para a África do Sul.

Segundo Carlos Zacarias, numa primeira fase está prevista no Búzi a realização do furo de pesquisa em terra firme. Entretanto, existe a possibilidade do consórcio avançar para um segundo poço.

Refira-se que o bloco de Búzi já foi alvo de pesquisas no passado, que culminaram com a descoberta de reservas de gás natural na década de 60 do século passado, mas a quantidade encontrada foi considerada insuficiente para fazer uma exploração comercial viável.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction