Director: Lázaro Manhiça

Os restos mortais dos 64 imigrantes ilegais etíopes descobertos ontem, no distrito de Moatize, num contentor que era transportado por um camião, foram hoje a enterrar numa vala comum num cemitério da cidade de Tete.

As 64 vítimas mortais faziam parte de um grupo de 78 imigrantes ilegais que viajavam do  Malawi para a cidade de Tete, 14 dos quais  sobreviveram no interior da caixa metálica.

“O enterro foi realizado hoje, numa vala comum. Os corpos foram enumerados e colocados uma etiqueta de identificação. O funeral teve que ser realizado porque a morgue não possui condições para acondicionar as vítimas”, disse Amélia Direito, porta-voz da Direcção Provincial de Migração de Tete, falando á Rádio Moçambique.

A fonte acrescentou que o processo subsequente poderá ocorrer em coordenação com a embaixada etíope.

Os finados eram transportados num camião com matrícula moçambicana, ABR548 MC, que foi interceptado pela Polícia da República de Moçambique por volta das 2.00 horas de terça-feira (24) no posto da báscula de Mussacama.

O motorista, de seu nome Silva Nhone, foi recolhido às celas da corporação, incluindo o indivíduo responsável por acompanhar os ilegais dentro do território nacional.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction