Director: Lázaro Manhiça

O DÉFICE da cana sacarina está a limitar a capacidade de produção instaladana Açucareira de Xinavane, província de Maputo, estimada em 250 mil toneladas por época.

Actualmente, a fábrica produz entre 150 a 180 mil toneladas por campanha.

Por isso, a firma continua à procura de matéria-prima. Produz,actualmente,em 18 mil hectares, sendo que sete mil são explorados por agricultores de pequena escala que têm acordos de venda da sua produção para a empresa.

João Figueiredo, responsável pela manutenção na Açucareira de Xinavane, explicou que estão em curso investimentos em equipamentos para garantir um maior rendimento e qualidade do produto, sendo o principal desafio da fábrica assegurar a disponibilidade de cana sacarina. “Apesar da pandemia da Covid-19, continuamos a operar normalmente 24 horas e seria muito difícil pararmos”, anotou.

No entanto, em visita ao distrito da Manhiça, a Secretária de Estado na província de Maputo, Vitória Diogo,foi confrontada com queixas dos produtores locais de registo de prejuízos por causa de produtos químicos usados pela Açucareira de Xinavane no processo de secagem da cana sacarina para a colheita.

Produtores de culturas alimentares disseram que a avioneta usada pela fábrica para espalhar o produto que acelera a secagem da cana-de-açúcar não respeita os limites dos campos da empresa e atinge outras áreas, com resultados desastrosos para os camponeses.    

A respeito, a secretária de Estado orientou as partes a dialogar mais entre si para a elevação contínua da produção nesta região. Quer os produtores das fábricas, quer associativos ou familiares, são determinantes para a produção local, segundo sustentou a dirigente.

Vitória Diogo assumiu que o Estado vai monitorar o diálogo entre as partes, visando ultrapassar o problema, embenefício de ambas partes, tendo destacado o facto de hásensivelmente dois anos para cá as principais indústrias consumidoras do açúcar no país serem abastecidas pela Açucareira de Xinavane.

 

 

Adirigente desafiou os gestores desta unidade fabril a recrutar mais mulheres para as áreas técnicas, havendo algumas nos sectores de engenharia química e soldadura, para além da área de refinamento.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction