Director: Lázaro Manhiça

UM total de 197 cidadãos nacionais entrou no país através do Aeroporto Internacional de Mavalane, na cidade de Maputo, provenientes das cidades de Lisboa e Addis-Abeba, no período entre 18 e 24 de Julho último.

“Neste período, 197 cidadãos nacionais entraram no país através do posto de travessia de Mavalane em voos especiais provenientes de Lisboa (Portugal) e Addis-Abeba (Etiópia), o que representa um aumento acima de 100 por cento em relação à semana anterior, período em que regressaram ao país 96 cidadãos nacionais, também em voos especiais”, disse o porta-voz do SENAMI (Serviço Nacional de Migração), Celestino Matsinhe, em conferência de imprensa, em Maputo.

O objectivo principal de maior parte destes cidadãos era regressar ao país de origem, afirmou a fonte.

Segundo Matsinhe, para além da entrada destes nacionais em voos especiais, foi registada a saída de cidadãos estrangeiros de diversas nacionalidades com destaque para a portuguesa, italiana, francesa, espanhola e filipina.

“Foi igualmente registada a saída de 221 cidadãos estrangeiros de diversas nacionalidades que tinham como destinos a África do Sul, Lisboa e Addis-Abeba”, afirmou.

No mesmo período, o SENAMI recusou a entrada no território nacional de sete cidadãos estrangeiros de diversas nacionalidades, pelo facto de não reunirem os requisitos necessários para o efeito.

A recusa ocorreu em diversos pontos, sendo uma no posto de travessia de Ressano Garcia, três em Namaacha, outras três recusas no aeroporto de Mavalane, motivadas pela falta de autorização de viagem e vistos de entrada.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction