Director: Lázaro Manhiça

O PAÍS precisa de investir cada vez mais e de forma consciente no alargamento do acesso equitativo e fiável às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), em prol do desenvolvimento sustentável nacional.

O desafio foi lançado ontem pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, momentos depois de conferir posse a Daniel Daniel Nivagara para o cargo de ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Nyusi disse que o desafio se acentuou com a eclosão da pandemia da Covid-19, que veio alertar sobre a importância da investigação, ciência e tecnologia e em particular das TIC para a prestação de serviços públicos e não só.

“Quando bem usadas, as TIC permitem que mais cidadãos tenham acesso a serviços e produtos em tempo útil, de forma eficiente, a custos mais reduzidos, tornando-se um factor de inclusão social”, disse o Chefe do Estado.

Falou dos desafios que esperam ao novo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para responder à procura dos serviços peloscidadãos.

Na área daCiência e Tecnologia, por exemplo,o Presidente Nyusi falou da necessidade de continuar com a agenda nacional de pesquisa orientada para a solução dos problemas actuais do país, desde o fortalecimento da capacidade das instituições de investigação científica até ao desenvolvimento tecnológico.

Destacou a materialização do plano que operacionaliza a estratégia para uma sociedade de informação e o aumento da formação de recursos humanos no domínio da ciência, tecnologia e inovação.

“Deve-se expandir o acesso aos serviços públicos centrais, através do alargamento da cobertura territorial, promoção do empreendedorismo e inovação digital, orientados para o crescimento e transformação de negócios, contribuindo para a criação de novos postos de emprego”, afirmou Nyusi, considerando que estes desafios só terão sucesso se o ministro empossado colaborar com os cientistas e investigadores de que o país dispõe.

No concernente à componente do Ensino Superior, o Chefe do Estado referiu que a missão é continuar a promover a expansão e o acesso equitativo, prestando atenção às disparidades geográficas e de género.

Deve-se igualmente, segundo ele, assegurar a oferta de formação superior relevante para o desenvolvimento do país, com padrões de qualidade nacional e internacional, orientar as instituições a consolidar a ligação com as comunidades onde estão inseridas, através de formação e pesquisa que respondam aos desafios locais.

O Presidente da República espera do novo titular responsabilidade, rigor, imparcialidade, valorização de talentos, do trabalho em equipa e da experiência de  de todos os colegas do sector.


CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction