Imprimir
Categoria: Breves
Visualizações: 643

O TRIBUNAL Judicial da Cidade de Maputo marcou para amanhã as alegações finais do julgamento do caso do roubo de 10 milhões de meticais pertencentes ao Casino Marina, localizado na Marginal, bairro da Polana-Cimento.

Segundo o semanário “Domingo”, o reinício das diligências acontece depois de ter sido impossível, na passada terça-feira, ter acesso a imagens das câmaras de vigilância do Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) para apurar o suposto envolvimento de um dos arguidos do processo número 76/2019.

O Tribunal tinha encetado diligências com vista a obter as referidas imagens, mas até ao momento da retomada da sessão de audiências não tinha sido possível. No assalto estarão supostamente envolvidos cinco agentes da Policia da República de Moçambique (PRM), um dos quais em fuga, e três funcionários do Casino Marina.

Alocadosfundos para projectos de conservação

A FUNDAÇÃO para a Conservação da Biodiversidade (Biofund) vai alocar este ano perto de cinco milhões de dólares norte-americanos para apoiar custos operacionais de áreas protegidasdo país.

A informação foi avançadasexta-feira pela directora de Programas da Biofund, Maria Alexandra Jorge, em entrevista à AIM. Segundo a fonte, averba será direccionada aprojectos específicos em 15 áreas de conservação, tanto terrestres, como marinhas, cobrindo uma área de cinco milhões de hectares.