Director: Lázaro Manhiça

O PRESIDENTE do Conselho Municipal da Beira, Albano Carige, garantiu hoje (22) que a sua instituição tenciona destruir o edifício comercial que estava a ser erguido no bairro do Vaz, numa área de servidão aeronáutica.

Falando numa conferência de imprensa, Carige disse que o município não tem nada a esconder e aguarda apenas pela decisão do Tribunal Judicial da província de Sofala para avançar com a demolição.

Recordou que não se pode avançar neste momento com a destruição uma vez que está a decorrer um acto administrativo através de um órgão judiciário.

OTribunal Judicial da província de Sofala embargou a obra na passada terça-feira e aguarda-se a decisão final.

"No dia 12 de Agosto de 2020 estava prevista a demolição da obra, mas recebemos uma carta um dia antes enviada pela empresa Aeroportos da Beira,proprietário do terreno(onde o edifício está a ser erguido),a pedir para não avançarmos com a destruição e que nos iriam informar sobre quando o poderíamos fazer", revelou.

Carige recusou que o município tenha manifestado a intenção de demolir os armazéns e não o edifício comercial.

Acrescentou que os armazéns foram construídos há bastante tempo e a ordem de demolição era para o edifício que começou a ser erguido no ano passado.

No seu entender, a direcção dos Aeroportos da Beira fez um negócio errado e deve rectificar.

"Estamos preocupados com a situação,porque a direção do aeroporto sabe que aquele edifício pode criar transtornos incalculáveis. Não se pode dar o dito pelo não dito ou o assinado pelo não assinado. Temos comprovativos", afirmou.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction