Director: Lázaro Manhiça

O Centro de Saúde de Macurungo, na cidade da Beira, parcialmente destruído pelo ciclone Idai em Março do ano passado voltará a funcionar em pleno a partir do próximosábado com a entrega do último bloco, cujas obras encontram-seem fase de acabamentos.

Na passada sexta-feira, o governador da província de Sofala, Lourenço Bulha, esteve no local para se inteirar do estágio dos trabalhos e,no fim,manifestou a sua satisfação perante o nível de execução das obras.

Bulha afirmou ainda que aquela unidade hospitalar já é uma referência na cidade da Beira pelos serviços que presta,um estatuto que vai melhorar quando estiver totalmente operacional.

Aproveitou a oportunidade para agradecer aos parceiros que tornaram possível a reabilitação e ampliação do hospital. Lembre-se que as obras foram financiadas pela Cruz Vermelha de Portugal.

Por sua vez, o director da Saúde, Mulher e Acção Social do distrito da Beira, Fino Massalambane, explicou que aquele centro de saúde transformou-se num modelo para todas as restantes unidades daquele nível na província de Sofala.

Segundo Massalambane, a empreitada consistiu numa intervenção de raiz e na ampliação de alguns serviços que já existiam.

O dirigente revelou que para melhorar os serviços,o bloco ainda em falta vai contar com um banco de socorros, área administrativa, serviços de radiologia, entre outros, no sentido de minimizar a distância que os pacientes percorrematé ao Hospital Central da Beira (HCB).

OCentro de Saúde de Macurungo passará igualmente a contar com a maior incineradora de resíduos hospitalares ao nível da cidade da Beira com capacidade para cinco toneladas diárias.

A nova incineradora vai,desta forma,receber lixo de todas as outras unidades sanitárias da urbe que produzem entre uma a duas toneladas de resíduos por dia.

Programa de vacinação com51 motorizadas 

Ainda no quadro da visita de trabalho do governador de Sofala ao sector da saúde, foram entregues na sexta-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e União Europeia, 51 motorizadas à Direcção Provincial de Saúde de Sofala acto acontecido no hospital da Ponta-Gêa, na cidade da Beira.

A entrega aconteceu no âmbito do apoio ao plano de resposta pós-emergência e servirá no programa alargado de vacinação para toda a província de Sofala.   

Na ocasião, Lourenço Bulhareferiuque com estes meios os funcionários terão ter mais flexibilidade e mobilidade no trabalho deforma a darem respostas em tempo útil.

Apelou aos directores distritais da Saúde no sentido de cuidarem da melhor forma possível destes meios circulantes para dignificarem a oferta e para que sirvam por muito tempo.

"Não queremos ouvir falar de casos de má utilização dos meios,porque se assim for vamos tomar medidas", advertiu.

Aproveitou a oportunidade para alertar que estes meios não devem servir para transportar produtos alheios ao trabalho ao qual estão destinados.

Por seu turno, a coordenadora da UNICEF nas províncias de Manica e Sofala, Dezi Mahotas, em representação dos doadores, explicou que as motorizadas visam fortalecer o acesso aos cuidados de saúde primários às populações afectadas pelo ciclone tropical Idai.

Fez questão de recordar que a saúde e a nutrição são direitos fundamentais das populações principalmente as que foram afectadas pelo ciclone pelo que pretendem contribuir para a materialização destes direitos em todos distritos da província de Sofala.

Disse ainda estar ciente que já foram criadas condições para o reforço da implementação da estratégia de brigadas móveis integradas de saúde que o governo identificou como forma mais rápida de garantir o acesso sobretudoàpopulação residente nos bairros de reassentamento e em locais de difícil acesso.

Segundo Mahotas, estes devem ter acesso aos cuidados de saúde primários que  incluem a vacinação, o atendimento àmulheres grávidas e no período pós-parto, a prevenção,identificação e tratamento da malária, diarreias e desnutrição além do aconselhamento sobre a alimentação infantil, da mulher grávida e a provisão dos cuidados curativos.    

Dirigindo-se aos técnicos de saúde recomendou para que usem de forma criteriosa as motorizadas de modo que possam levar os serviços de saúde e nutrição a mais crianças e à população por um longo período de tempo.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction