Imprimir
Categoria: Beira
Visualizações: 1941

A auto-proclamada Junta Militar da Renamo incendiou um posto de saúde na localidade de Chideia, distrito de Nhamatanda, em Sofala, na quarta-feira, tendo roubado medicamentos, bens de pacientes e de profissionais, anunciaram hoje as autoridades locais.

Segundo o chefe da localidade, António Manuel, citado pela Rádio Moçambique, “não houve registo de mortos nem feridos”.

Os agressores entraram nas instalações onde se apoderaram de medicamentos, telemóveis e dinheiro dos funcionários em serviço e também dos pacientes internados.

De seguida, incendiaram as instalações e puseram-se em fuga.

O chefe de localidade apelou a um “reforço de vigilância” por parte dos residentes.