Director: Lázaro Manhiça

A ESPOSA do governador na província de Sofala, Emília Bulha, defendeu esta semana na Beira, que muitas mulheres estão a ser usadas como instrumento de guerra nesta região do país na sequência do conflito armado que se regista na zona centro.

Falando na cerimónia de lançamento do mês da mulher, Emília Bulha explicou que estas mulheres e raparigas foram vítimas do conflito armado tendo algumas sido  abusadas sexualmente o que lhes impediu de seguirem o seu percurso normal de desenvolvimento.

Por outro lado, Emília Bulha revelou que no ano passado pelo menos 1.818 pessoas, dentre elas mulheres, crianças, homens, pessoas idosas e com deficiência foram afectadas pela violência doméstica que se traduz em violação sexual, patrimonial, física, entre outros maus tratos.

Num outro pronunciamento, a esposa do governador falou dos casamentos prematuros que têm afectado nesta região pelo menos 48 por cento de raparigas que se casam antes dos 18 anos de idade e 15 por cento antes dos 14.

Como consequência, são expostas a doenças infecciosas, fístulas obstétricas que encurta os seus sonhos e hipoteca as oportunidades que a vida oferece.

"É nossa expectativa que todas as formas de intervenção contribuam para consolidar uma geração de igualdade de género" referiu.

Emília Bulha apelou às mulheres da província de Sofala a continuarem a repudiar e a denunciar todo o tipo de violência às entidades competentes.

O mês da mulher, que vai até 07 de Abril, celebra-se sob o lema ‘Mulheres na liderança contribuindo para um futuro de igualdade num mundo contra a Covid-19’.

Sobre este lema, Emília Bulha convidoutodas mulheres a trabalharem na promoção de igualdade de direitos e oportunidades entre homens e mulheres, a realizarem acções de forma a construir uma sociedade baseada na igualdade de género.

Comments

O PRESIDENTE da Assembleia Municipal da Beira, Ricardo Langue, anunciou na tarde hoje (2) que o vereador para a área de Construção e Urbanização no Conselho Autárquico da Beira, Albano Cariz António, é o substituto do falecido edil Daviz Simango.

Terceiro na lista que venceu as eleições autárquicas de 2018 na Beira, Albano Cariz deverá ser empossado até esta sexta-feira próxima e limitar-se-á a concluir o actual mandato que se estende até 2023.

Albano Cariz já confirmou a sua indicação.

A lei das autarquias locais determina que em caso de morte ou impedimento definitivo, o Presidente do Conselho Municipal “é substituído pelo membro da Assembleia Municipal que se segue ao cabeça-de-lista do partido, coligação de partidos políticos ou grupo de cidadãos eleitores que obteve a maioria de votos”.

O segundo membro na lista que venceu as autárquicas de 2018 na Beira é José Domingos, actual secretário-geral do MDM. Contudo, não pode ser edil da Beira porque suspendeu o mandato de membro da Assembleia Municipal da Beira para ser deputado, na Assembleia da República.

Há mais de 365 dias que José Domingos é parlamentar e a lei estabelece que a suspensão de mandato “não pode ultrapassar” esse período, seguido ou interpolado, no decurso do mandato.

(Notícias/ O País)

Comments

O DIRECTOR-GERAL do Hospital Central da Beira (HCB), Nelson Mucopo, considera melhores as condições de tratamento de pacientes nos Serviços de Psiquiatria e Saúde Mental da instituição, com a reabilitação e requalificação do respectivo edifício.

Mucopo fez saber que o edifício está completamente reabilitado, mobilado e dotado de equipamento modernoque permite um melhor atendimento aos utentes e dá condições de trabalho mais apropriadas aos profissionais afectos ao sector.

Recorde-se que quatro meses depois do ciclone tropical Idai a organização Plan Japan investiu mais de 11 milhões de meticais para as obras de reabilitação, requalificação e apetrechamento dos Serviços de Psiquiatria e Saúde Mental do Hospital Central da Beira.

No entanto, o bloco da psiquiatria do HCB já precisava de uma intervenção profunda muito antes da passagem do ciclone tropical Idai em Março de 2019.

Comments

DEBAIXO de uma chuva intermitente que caia desde as primeiras horas, da manhã deste sábado (27), foram a enterrar os restos mortais de Daviz Mbepo Simango, no Cemitério de Santa Isabel, na cidade da Beira, província de Sofala.

A cerimónia começou com um acto oficial no átrio do Largo dos CFM onde, antes da intervenção do Presidente da República, Filipe Nyusi, foram apresentadas mensagens dos filhos e da família, antecedidas das preces dirigidas pelo arcebispo da Beira, Dom Cláudio Dalla Zuana.

Fora do átrio, uma imensa multidão permanecia posicionada desde as primeiras horas desafiando os chuviscos e acabando, devido às restrições impostas pela Covid-19, por não acompanharem o evento como desejavam.

De uma maneira geral, todas as intervenções enalteciam a figura e obra de Daviz Simango considerando que o seu trabalho inspirou a nação moçambicana pelas suas qualidades que fizeram dele um defensor de um Moçambique para todos.

Como edil, deixou uma marca na melhoria das infra-estruturas e outras que nasceram no decurso do seu mandato.

No entanto, especial atenção foi dada à necessidade de preservação e valorização do seu legado sobretudo enquanto presidente do Conselho Municipal.ização do seu legado sobretudo enquanto presidente do Conselho Municipal.

 

Comments

A URNA contendo os restos mortais de Daviz Simango já se encontra posicionada para ser depositada, dentro de instantes, no cemitério Santa Isabel, na cidade da Beira, em Sofala.

Simango que foi membro do Conselho do Estado, edil da cidade da Beira e fundador do Movimento Demrocrático de Moçambique recebeu vários elogios do Presidente da República, Filipe Nyusi.

Durante o acto, Nyusi descreveu a figura de Daviz Simango como incontornável na "jovem" democracia multipartidária moçambicana.

O elogio deve-se à contribuição de Simango para o desenvolvimento da Beira, pelos trabalhos realizados depois dos ciclones Idai e Eloise, e encorajou aos beirenses a prosseguir com suas obras.

O acto ocorre quando milhares de pessoas encontram-se posicionadas nas ruas que dão acesso cemitério Santa Isabel para última despedida mesmo debaixo de chuvas intenss.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction