Imprimir
Categoria: Capital
Visualizações: 1202

A LOGÍSTICA de saúde na capital vai melhorar em resultado da aquisição de material para o apetrechamento das unidades sanitárias, o qual entregue ontem pelo presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, David Simango, numa cerimónia simbólica no Centro de Saúde de Chamanculo.

Trata-se de camas articuladas, carrinhas de roda, peças de uniforme de enfermeiros, máscaras, luvas de protecção, entre outros materiais.

Para além dos Centros de Saúde e considerando a sua utilidade, parte do material vai ser canalizado ao Hospital Central de Maputo (HCM) e outro repartido pelos centros de acolhimento de idosos, bem como pelas universidades vocacionadas para o ensino de Medicina.

Na ocasião, David Simango apelou aos enfermeiros, médicos, entre outros colaboradores da Saúde para zelarem pela conservação do património, para uma prestação eficiente de serviços aos utentes.

Desafiou o público presente a prevenir-se das doenças evitáveis, observando essencialmente a higiene pessoal e o uso de métodos de protecção contra infecções de transmissão sexual.

“O material implica reduzir os constrangimentos que vinham prejudicando a saúde da população. Por isso, o desafio é que todos pautem pelos métodos de prevenção, em prol do bem-estar”, sustentou.

Por seu turno, Markus Heydemann, em representação da Embaixada da Finlândia, a parceira da iniciativa, garantiu mais apoio à área da Saúde.

O material é resultado da cooperação entre os municípios de Maputo e o finlandês de Kuopio, no quadro da prestação de cuidados primários de saúde.