Imprimir
Categoria: Maputo
Visualizações: 663

Vários estudantes da Escola Superior de Ciências Náuticas, na cidade de Maputo, marcharam na manhã de hoje para o Ministério dos Transportes e Comunicações em protesto contra a cobrança de propinas aos bolseiros e o elevado custo do uniforme.

A Polícia da República de Moçambique a nível da cidade de Maputo, solicitada a intervir, explicou aos manifestantes que os protestos são ilegais dada a natureza paramilitar, por isso, as suas inquietações devem ser dirimidas por outros mecanismos.

Na ocasião uma comissão foi nomeada para dialogar com uma representação do Ministério dos Transportes e Comunicações, com vista a encontrar soluções para o diferendo.