Director: Júlio Manjate

Cerca de 400 pessoas são esperadas hoje numa marcha pelo fim da violência contra as mulheres e raparigas a decorrer em Maputo.

A iniciativa representa o final de um programa de actividades intitulado “16 dias de activismo pelo fim da violência”, que decorreu desde 25 de Novembro, com debates, organizado pelo Fórum Mulher – Coordenação Para a Mulher no Desenvolvimento.

A marcha parte da estátua de Eduardo Mondlane, pelas 15:00 horas e percorre algumas artérias da capital até à Praça da Paz.

Dados oficiais indicam que, em 2018, Moçambique registou cerca de 25 mil casos de violência doméstica, dos quais 12 mil foram contra mulheres.

Por outro lado, estima-se que metade das mulheres com idades entre os 20 e 24 anos de idade se tenham casado quando eram menores - 14% das quais antes dos 15 anos, segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

A luta contra os casamentos precoces e a violência doméstica têm motivado campanhas e acções públicas reunindo diversas figuras públicas moçambicanas, com vista a promover a emancipação da mulher.


 

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction