Director: Júlio Manjate

As autoridades policiais estão desde a madrugada de hoje a fazer cumprir a norma de que proíbe a venda informal da baixa da cidade de Maputo, que decorre desde o dia 13 do mês em curso.

Depois dos tumultos vividos no dia 13, as autoridades mudaram a sua estratégia, envolvendo vários ramos da Polícia, que inclui a Municipal, Protecção, anti-motins, canina e Unidade de Intervenção Rápida.

A operação começou por volta das 22 horas, de ontem, quando os agentes da Polícia Municipal recolheram centenas de bancas, concretamente, na avenida Guerra Popular, Av. 25 de Setembro, Av. Karl Marx, Av. Zedequias Manganhela, Av. Filipe Samuel Magaia, entre outras.

A edilidade removeu, igualmente barracas do tipo “Quiosques” fixadas em lugares inadequados para a comercialização de produtos.

Para além das bancas, a corporação recolheu todas mercadorias e carrinhas de mão deixadas de forma desordenada nos passeios pelos informais.

Logo pela manhã, os vendedores chegaram ao local e depararam-se com a força operativa da PM, polícia de protecção e canina posicionados no local impedindo qualquer tentativa de ocupação dos passeios, para além da ausência das mercadorias.

Os membros da corporação seguravam nas suas mãos bombas de gás lacrimogéneo para usá-lo em caso de necessidade, um vez que os vendedores estavam reunidos em grupos como se estivessem a programar uma acção de retaliação.

Maria Bila, vendedora há 27 anos, contou que chegou a baixa por volta das 06 horas e não encontrou a sua banca e a respectiva mercadoria, que havia deixado no local.

“A polícia roubou os meus produtos, porque não nos avisaram para podermos retirar dos passeios, não sei o que fazer, já não tenho nada, perdi tudo”, lamentou Bila.

Alexandre Lote, também vendedor há 22 anos, disse que perdeu toda mercadoria no valor de 10 de mil meticais, que investiu, no último domingo, para aquisição dos produtos.

Ramos Marrengula, presidente da Associação de Vendedores Informais, indicou que a edilidade não emitiu nenhum aviso, de modo a permitir que eles retirem os produtos do local.

Os proprietários das lojas viram-se obrigados a não abrir os seus estabelecimentos comercias, temendo ocorrência de tumultos.

Contudo, até ao início desta tarde, a situação estava controlada em toda baixa da cidade de Maputo.

 

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction