Director: Lázaro Manhiça

ALGUNS alunos de escolas públicas e privadas, da cidade de Maputo e Matola, passarão a ter aulas aos sábados, com vista a permitir uma melhor gestão das infra-estruturas escolares, a partir de segunda-feira. A medida tem em conta a redefinição do número de alunos por turma, bem como nos espaço de recreio dos estabelecimentos de ensino para a prevenção de contágios pelo novo coronavírus. O porta-voz do Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, Feliciano Mahalambe, informou hoje (30, que algumas escolas privadas e comunitárias que reunam condições sanitárias podem retomar as aulas até em classes sem exame. “No novo normal, está previsto que as escolas reajustem o horário, podendo as aulas ser leccionadas também aos sábados, de modo a recuperação do tempo perdido com a interrupção das actividades, por causa da pandemia”, explicou. A leccionação de aulas aos fins-de-semana tem gerado um desconforto entre os pais e encarregados de educação. Lina Magaia, encarregada de educação de duas crianças, da 2ª e 4ª classe da Escola Comunitária Ana Mogas, não concorda que os alunos regressem as aulas ou que estudem até aos sábados. “Um dos meus educandos terá aulas aos sábados. Embora, as condições sanitárias estejam criadas, as crianças não serão capazes de observar as medidas preventivas contra a doença. Por isso, deviam continuar a estudar a distância”, disse. Abdul Candre, pai de três alunos, da 2ª, 4ª e 5ª classe, considera injusto que os alunos das escolas privadas regressem às aulas, quando os estudantes dos estabelecimentos públicos continuam em casa. “Por outro lado, a escola impôs que alguns alunos estudem aos sábados, mesmo quando a maioria dos encarregados discordem da medida”, referiu. Mateus Tomo, também encarregado de educação, indicou que o horário de aulas aos sábados, das 6h30min às 11h30min e das 12h30min às 17h30min é mais longo que aos meios de semana, daí que deve-se repensar a ida dos alunos aos fins-de-semana. Contactada pelo “Notícias”, a direcção da Comunitária Ana Mogas apontou que escola está a cumprir com a instrução ministerial que dita que as aulas devem ocorrer de segunda-feira a sábado, situação, previamente, comunicada aos pais e encarregados de educação. Director do estabelecimento de ensino, Fernando Guilane, informou que 17 turmas do ensino primário, compostas por uma média de 18 alunos cada, terão aulas também aos sábados. “Os alunos de classes sem exame terão aulas duas vezes por semana e as turmas com exames devem apresentar-se a escola em três ocasiões”, explicou o director. Indicou que os pais sem possibilidade de levar os filhos à escola, aos sábados, podem contactar a direcção pedagógica e solicitar a integração do aluno numa outra turma. A escola Ana Mogas matriculou, no presente ano lectivo, 2148 alunos, divididos em 46 turmas.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction