Imprimir
Categoria: Nampula
Visualizações: 427

OS trabalhadores envolvidos na construção do Hospital Geral de Nampula (HGN) decidiram paralisar há mais de dois meses as obras, alegadamente por falta de pagamento de salários por parte da empresa CETA -Engenharia e Construções, empreiteira do empreendimento.

Esta é a segunda paralisação que acontece na edificação daquele que será o segundo maior estabelecimento hospitalar da província de Nampula, depois de a primeira ter acontecido em 2019, também por supostafalta de pagamento de ordenados aos trabalhadores.

Entretanto, questionado sobre o assunto, o secretário de Estado na província de Nampula, Mety Gondola, disse estar em curso um trabalho junto do ministério de tutela e a empresa contratada para que o mais rápido possível se resolva o problema e consequente retome a empreitada. Leia mais