Imprimir
Categoria: Nampula
Visualizações: 351

AS províncias da Zambézia e Nampula contam com 52 novos furos de água potável que irão beneficiar cerca de 15.600 pessoas.

Os furos foram construídos nos distritos de Mocuba (23) e Morrumbala (21), na Zambézia, e Monapo (8), em Nampula.

Com o projecto, levado a cabo pela World Vision Moçambique, uma organização não – governamental, pretende-se que as populações destas províncias percorram menor distância para obtenção de água para consumo e cultivem o hábito de higienização individual e colectiva na prevenção contra a Covid-19.

Ângelo Pontes, gestor dos assuntos humanitários e de emergência na World Vision Moçambique, patrono do projecto de construção das infra-estruturas, disse que a ideia é fornecer água limpa ao maior número possível de pessoas residentes naqueles distritos.

“Neste momento, estes furos serão de grande ajuda para resposta à Covid-19, dado que quando falamos desta pandemia, sempre associamos à higienização das mãos e de tudo que está à nossa volta. Umas das coisas a ter em conta para evitar a propagação do vírus é termos água disponível', afirmou Pontes, numa entrevista à AIM.

Segundo disse, para a materialização deste projecto, foram necessários mais de 468 mil dólares. A organização não-governamental espera construir mais furos em outras regiões do país, estando, neste momento, a envidar esforços junto dos parceiros para aquisição dos fundos necessários.

Paralelamente, a World Vision Moçambique está a manter contactos com os serviços de educação a nível das províncias, de forma a trabalhar com as diferentes direcções de escolas para a produção de material de divulgação sobre as medidas de prevenção à Covid-19.