Imprimir
Categoria: Nampula
Visualizações: 828
A NACALA Logistics, que opera no Corredor de Nacala, na província de Nampula, ofereceu esta semana diverso equipamento médico, incluindo 15 mil testes rápidos para os profissionais de saúde, que será igualmente usado no inquérito sero-epidemiológico em curso neste ponto do país.
 
A entrega do equipamento foi feita pelo administrador de carga geral da empresa, Nadir Amad, à directora dos Serviços Provinciais dos Assuntos Sociais, Munira Abdou, no âmbito do memorando de entendimento assinado por um dos accionistas, a Vale, com as autoridades moçambicanas, avaliado em dois milhões de dólares norte-americanos.
 
Da oferta destinada aos profissionais de saúde, constam ainda luvas, máscaras, botas, macacões e aventais, para melhorarem a sua protecção individual da Covid-19.
 
A directora dos Serviços Provinciais dos Assuntos Sociais de Nampula, Munira Abdou, destacou a importância desta oferta, numa altura em que decorrem várias acções locais para fazer face à Covid-19.
 
“Nós temos muito que agradecer, numa altura que está a acontecer o inquérito sero-epidemiológico, cujos resultados serão divulgados no próximo dia 1 de Julho”, disse.
Acrescentou que o material vai melhorar a logística, tudo tendo em perspectiva que, em breve, Nampula terá o laboratório a funcionar para testar as amostras também provenientes das províncias vizinhas.
 
Por outro lado, a médica revelou que subiu para 32 o número de profissionais de saúde que testaram positivo para a Covid-19, que estão em quarentena domiciliária por serem todos assintomáticos.