Director: Lázaro Manhiça

ESTÁ melhorada a travessia do rio Nacahi, no bairro de Natikiri, na cidade de Nampula, com a inauguração esta semana, de uma ponte que alivia o sofrimento dos residentes locais, sobretudo em tempo de chuva.

A inauguração da infra-estrutura metálica foi feita pela esposa do Secretário do Estado da província de Nampula, Ana Gondola, em representação da primeira-dama da República de Moçambique, Isaura Nyusi, promotora do financiamento, em resposta ao pedido dos populares.

Ana Gondola destacou a importância de que se reveste a ponte para a circulação de pessoas e referiu que a construção de infra-estruturas como estradas e pontes tem por finalidade melhorar e dar mais dinâmica à vida das comunidades.

Reafirmou que a abertura da ponte vai permitir, por exemplo, as mães participarem nos programas de vacinação dos filhos, os idosos circularem em segurança, as crianças frequentarem às aulas, os agricultores produzirem, os enfermeiros chegarem aos seus postos de trabalho, o que antes era difícil devido a falta de condições para uma travessia segura do rio Nacahi.

“Esta ponte constitui o fim de um longo período do vosso sofrimento e do perigo que representava a travessia do rio, sobretudo em tempo chuvoso”, disse.

Ana Gondola explicou que a empreitada foi concretizada em tempo previsto com apoio financeiro do gabinete da primeira-dama, em resposta a um pedido dos residentes de Natikiri.

A esposa do Secretário do Estado chamou a atenção às comunidades deste bairro, para a necessidade de estarem vigilantes para que a ponte não seja vandalizada por pessoas de má-fé, prejudicando a maioria dos moradores.

O administrador de Nampula, Alfredo Matata, disse, por sua vez, que a inauguração da ponte marca o fim das mortes de pessoas que, na tentativa de atravessarem o rio, eram arrastadas pela fúria das águas.

Segundo Matata, nos últimos dois anos, pelo menos quatro pessoas perderam a vida e várias outras foram salvas, quando tentavam passar este curso de água.

Um representante dos moradores destacou que a nova ponte vai facilitar a ligação rodoviária entre três comunidades, nomeadamente Marrere-Expansão, 5º Congresso e 3º Congresso B, bem como facilitará a circulação de pessoas e o desenvolvimento socioeconómico das populações de Natikiri.

Comments

A CIDADE de Nampula já se apresenta agitada em preparação da quadra festiva que esta semana arranca, com a celebração do Dia da Família/Natal, enquanto as autoridades locais procuram criar condições preventivas para evitar incidentes neste período festivo.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Nampula acaba de constituir uma equipa que vai trabalhar, a partir desta semana, na sensibilização dos automobilistas e peões pararespeitaremas regras elementares de trânsito, visando prevenir acidentes de viação. Leia mais

Comments

A POLÍCIA da República de Moçambique (PRM) em Nampula acaba de constituir uma equipa que vai trabalhar, a partir desta semana, na sensibilização sobre as regras elementares de trânsito, visando prevenir a ocorrência de acidentes de viação e evitar luto nas famílias.

O grupo vai trabalhar com automobilistas e peões que se fazem à via pública, com vista a observarem as regras de trânsito, devido ao intenso movimento que se verifica na preparação da quadra festiva do dia da família e do fim do ano.

O trabalho foi projectado devido ao crescente desrespeito e violação das regras de trânsito na via pública principalmente por parte dos automobilistas e peões, o que resulta em acidentes trágicos e consequentes mortes.

O porta-voz da PRM em Nampula, Zacarias Nacute, renovou o apelo a toda população sobre a necessidade de observância rigorosa das regras de trânsito para que nesta duas semanas, possa dar o seu contributo na redução da sinistralidade.

Nacute lembrou ser característico a ocorrência de acidentes de viação por conta da azáfama das pessoas em escalar certas regiões, depois do consumo de bebidas alcoólicas, facto que muita das vezes resulta em mortes.

Comments

A DIRECTORA GERAL  do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), Luísa Meque, apelou aos técnicos da sua instituição, do sector de meteorologia e os profissionais de comunicação social a serem mais flexíveis na disseminação de informação  relevante para a mitigação dos desastres naturais.

De referir que o Conselho Coordenador de Gestão das Calamidades determinou em quatro o número de  fases de gestão de desastres naturais, nomeadamente, preparação, prontidão, resposta e recuperação sustentável pós-ocorrência.

Segundo Meque, o domínio da gestão da informação relativa a quatro fases irá  permitir que as pessoas enfrentem a ocorrência dos eventos extremos, incluindo ciclones, de uma forma planeada,  o que permite  uma melhor capacidade de resposta.

A fonte  falava  recentemente, na cidade de Nampula, na abertura de um curso de capacitação de cerca de 30 jornalistas de diversos órgãos de comunicação social da região Norte do país, em questões relacionadas com cobertura de risco de desastres naturais.

Luísa Meque explicou que a capacitação, que durou dois dias e terminou ontem, visava também munir aos participantes de conteúdos  informativos cruciais para a  redução de vulnerabilidade da população num contexto de calamidades naturais.

“Os actuais desafios impostos pela Covid-19,  pela  situação da instabilidade militar na província de Cabo Delgado e no Centro do país, bem como a previsão climática sazonal para a época chuvosa e ciclónica 2020-2021 leva-nos a partilhar, com os jornalistas, informação que concorra  para minorar o sofrimento das populações afectadas pelas intempéries”, disse.

A directora geral do INGC afirmou ainda que a previsão hidro-meteorológica para a presente época chuvosa aponta para a ocorrência de chuvas normais, com tendência abaixo do anormal para a região Sudoeste da província do Niassa e toda a extensão da província de Cabo Delgado, e chuvas normais para grande parte da extensão da província de Nampula e Nordeste do Niassa.

A fonte classificou os jornalistas de “parceiros estratégicos do INGC na transmissão de informações pertinentes para a prevenção, mitigação e prontidão dos eventos extremos” sendo, por isso, fundamental uma colaboração entre a sua instituição e os profissionais de comunicação social.

“Com esta capacitação técnica esperamos conferir aos participantes conhecimentos e habilidades sobre a gestão e redução de riscos de desastres, o que vai permitir divulgar com maior propriedade, responsabilidade e sustentabilidade informações sobre as fases de prontidão, resposta e recuperação pós-desastres”, frisou Meque. 

Comments

A ASSEMBLEIAAutárquica da cidade de Nampula vai reunir-se em secção extraordinária na próxima semana para apreciar e debater a proposta de revisão do Código de Postura Camarária, prevendo que as três bancadas (Renamo, Frelimo e Movimento Democrático de Moçambique) possam aprovar aquele importante instrumento.

O código é um conjunto de normas jurídico-administrativas que regema conduta dos cidadãos e entidades públicas e privadas com sede ou actividades nesta divisão territorial. O porta-voz da Assembleia Autárquica de Nampula, Saide Satar, que avançou o facto, explicou que a provação deste instrumento é antecedida de uma consulta pública principalmente nos bairros desta urbe.

Durante arealização da consulta pública, no dizer do porta-voz, estarão a ser recolhidos subsídios e algumas emendas consideradas importantes no novo Código de Postura Municipal tendo em vista a evolução que a cidade conheceu e que se deve adequar à lei.

A apresentação, apreciação, debate e aprovação do novo código tinha sido proposta para a anterior secção da Assembleia Autárquica, na semana passada, mas decidiu-se adiar parapermitir colher mais subsídios.

Informações em nossa posse indicam que o último Código de Postura Municipal foi aprovado em 1999, que foi revisto em 2004, encontrando-se assim desactualizado dezasseis anos depois. É por isso que está a ser adequado à realidade actual.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction