Opinião

Politica

O Partido Frelimo lamenta o desaparecimento físico de Dom Paulo Mandlate, Bispo Emérito da Diocese de Tete, ocorrido, terça-feira, na cidade de Maputo, vítima de ...

sexta, 23 agosto 2019
Leia +

Nacional

A REPÚBLICA da África do Sul acolheu favoravelmente a pretensão do Governo de Moçambique de alargar o horário de funcionamento do Posto Fronteiriço de ...

sexta, 23 agosto 2019
Leia +

Desporto

O TEXTÁFRICA recebeu e venceu na tarde de ontem o Ferroviário da Beira por 1-0, em partida da 17.ª jornada do Moçambola, resultado que coloca os “fabris” no ...

sexta, 23 agosto 2019
Leia +

Beira

Dez pessoas encontram-se detidas na 10ª Esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), na cidade da Beira, indiciadas de envolvimento num caso de furto de ...

sexta, 23 agosto 2019
Leia +
Pub
SN

Economia

A IMPLEMENTAÇÃO da Lei de Conteúdo Nacional vai estimular a produção interna e gerar postos de trabalho e rendimentos para o país e os nacionais. Esta ...

sexta, 23 agosto 2019
Read more

Tecnologias

A DIVULGAÇÃO dosresultados de pesquisa científica é uma das etapas essenciais do trabalho de investigação, sendo que este processo só se completa ...

sexta, 23 agosto 2019
Leia +

Arranca hoje a segunda fase da vacinação contra Sarampo e Rubéola, abrangendo mais de seis milhões de crianças dos seis meses aos 14 anos de idade, abrangendo as províncias de Tete, Manica, Sofala, Inhambane, Gaza e Maputo.

Ao todo são mais de 12 milhões de menores a serem imunizados nesta campanha, cuja primeira fase decorreu de 9 a 15 de Abril último nas províncias do Niassa, Cabo Delgado, Nampula e Zambézia. Durante o processo, as crianças são também suplementadas com Vitamina “A” e desparasitadas com Mebendazol.

A vacina contra estas duas doenças virais e contagiosas será administrada nas unidades sanitárias, escolas, centros infantis públicos e privados e nos bairros através de brigadas móveis, recomendando-se aos pais ou representantes das crianças a acompanharem-nas com o cartão de vacinação ou outro documento de identidade do menor.

O Ministério da Saúde (MISAU) garante que estão criadas todas as condições logísticas para que a campanha decorra sem sobressalto.

“A logística está garantida, por isso, fizemos a campanha em duas fases que era para assegurar a disponibilidade de recursos humanos em número suficiente. Temos pessoal, equipamentos e as vacinas já posicionadas. Estamos em condições de iniciar a campanha com sucesso”, anotou.

Lídia Chongo, porta-voz do MISAU, apelou aos pais, encarregados de educação e representantes legais das crianças dos seis meses a 14 anos para que levem os seus filhos à vacinação, atendendo a importância da imunização na prevenção de doenças.

Sobre a primeira fase da campanha, a porta-voz do MISAU disse ter se conseguido cumprir em quase 100 por cento os objectivos definidos para as quatro províncias abrangidas.   

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction