Director: Júlio Manjate

A SELECÇÃO Nacional da República Democrática de Congo desistiu da fase africana do Torneio Pré-Olímpico em Basquetebol Sénior Feminino, que ontem arrancou no pavilhão do Maxaquene, na cidade de Maputo. Inseridas no Grupo “A”, juntamente com Moçambique e Nigéria, as congolesas tinham o seu primeiro embate marcado para as 15.30h, diante da Nigéria, o que não chegou a acontecer.

Ainda não há informações oficiais da desistência da equipa que ocupou o sexto lugar no último “Afrobasket”. Por seu turno, a Nigéria até deslocou-se ao pavilhão, mas às 15.00h retirou-se de regresso ao hotel, depois da confirmação do adiamento do jogo. LEIA MAIS

Comments

O PSG, Manchester City e Bayern de Munique podem carimbar o passaporte para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões Europeus caso vençam os seus encontros logo à noite inseridos na primeira jornada da segunda volta da fase de grupos.

O PSG recebe o Club Brugge para o Grupo “A”, Bayern de Munique terá a visita do Olympiacos para o Grupo “B”, enquanto o Manchester Citydesloca-se ao terreno do Atalanta para o Grupo “C”.

Os franceses comandam o Grupo “A” com nove pontos, mais cinco que os merengues, enquanto o Brugge tem dois e Galatasaray apenas um. No Grupo “B”, o Bayern de Munique vai à frente com nove pontos, o Tottenham tem quatro, o Crvena soma três e o Olympiacos um. O Grupo “C” é liderado pelo Manchester City com nove. Dínamo de Zagreb e Shakhtar têm quatro e Atalanta está na cauda com zero. No Grupo “D”, a Juventus e o Atlético de Madrid vão à frente com sete pontos, Lokomotiv soma três e Leverkusen tem zero.

JOGOS PARA HOJE

Lokomotiv-Juventus

Real Madrid-Galatasaray

Bayern-Olympiacos

Leverkusen-Atl. Madrid

Dínamo Zagreb-Shakhtar

Crvena Zvezda.Tottenham

Atalanta-Manchester City

PSG-Clube Brugge

RESULTADOS

Grupo H

Chelsea-Ajax (4-4)

Valência-Lille (4-1)

Grupo F

Dortmund-Inter Milão (3-2)

Barcelona-Slavia Praga (0-0)

Grupo G

Leipzig-Zenit (2-0)

Lyon-Benfica (3-1)

Grupo E

Liverpool-Genk (2-1)

Nápoles-Salzburg (1-1)

Comments

Doze anos depois, a África do Sul conquistou o título de campeão mundial de rugby ao vencer,na final, disputada em Yokoama, a Inglaterra pela marca de 32-12.

Os “springbkoks” foram superiores nos planos físico e táctico, conseguiram desconstruir habilmente o jogo dos seus adversários ingleses e vencer a final de Yokoama, no Japão, por 32-12.

Os sul-africanos já tinham sido campeões do mundo, respectivamente,em 1995 e 2007.Em 2007, os “springboks”venceram na final em França, precisamente a Inglaterra,por 15-6.

Siya Kolisi, capitão dos Springboks, falando após o triunfo disse: “Nós levámos o troféu para a África do Sul. Estamos muito felizes.Estou orgulhoso pela África do Sul”.

A décima e próxima edição do “Mundial”de Rugby decorrerá em França em 2023.

Presidente Nyusi felicita pela conquista

O Presidente da República, Filipe Nyusi, enviou ontem uma mensagem de felicitação ao seu homólogo sul-africano, Cyril Ramaphosa, pela terceira conquista do Campeonato Mundial de Rugby, pela equipa daquele país, que decorreu em Yokohama, Japão.

Na mensagem, o Chefe do Estado afirma que “foi com enorme satisfação que tomamos conhecimento que a equipa conhecida por “Springboks”, saiu vitoriosa no jogo da final diante da poderosa equipa inglesa, sagrando-se campeã mundial pela terceira vez.

A nota aponta ainda que, ao vencer um campeonato mundial de Rugby bastante competitivo, os “Springboks” mostraram que o trabalho árduo e de equipa, a determinação, fé, paixão pela modalidade e o patriotismo compensaram.

“Hoje o desporto e o Rugby, em particular, despontam como a cola capaz de unificar uma Nação e uma Região perante os desafios e serve de exemplo do que a unidade e a liderança forte podem alcançar”, refere.

Em nome do Povo, do Governo da República de Moçambique e no meu próprio, gostaria de apresentar as nossas mais sinceras felicitações. Nós em Moçambique associamo-nos a Vós, em júbilo por esta assinalável conquista e a composição da equipa que reflecte a nação arco-íris que é a África do Sul é verdadeiramente inspiradora e constitui uma lição de inclusão que todos aspiramos nas nossas sociedades. Bem-haja “Springboks”! Parabéns África do Sul!, lê-se na mensagem.

Comments

A União Desportiva do Songo foi ontem, em Joanesburgo, eliminada da Taça CAF pelo Bidvest Wits, após derrota humilhante, por claros 0-6, em jogo da segunda “mão” do “play-off” de acesso à fase de grupos da competição.

O Songo sai desta eliminatória com um agregado desfavorável de 1-8, isto após desaire, por 1-2, no Estádio Nacional do Zimpeto, uma semana antes no embate da primeira “mão”.

Ontem os erros defensivos é que ditaram o desaire. Dois golos sofridos na primeira parte, ambos na sequência de penaltes evitáveis cujos lances emergem de perdas infantis de bolas, e quatro tentos sofridos na segunda metade com Guirrugo, Bhéu e sobretudo Amorim a serem os maus da fita.

Aliás, na noite de ontem o Songo só apareceu na primeira metade, na segunda andou perdido em campo, pelo que o adversário até podia ter feito mais.

Nota negativa também para o técnico Nacir Armando que não soube gerir as operações. A equipa precisava de reforçar o caudal ofensivo, mas preferiu manter um avançado (Telinho) em todo o jogo quando as opções não faltavam. Após esta eliminação, a UD Songo resta lutar pelo Moçambola e pela Taça de Moçambique.

Comments

O Ferroviário de Maputo está apurado para a ronda de elite do acesso a “Afro League” em basquetebol sénior masculina que terá lugar de 26 de Novembro a 1 de Dezembro, em princípio, em Kigali, capital do Ruanda.

No jogo decisivo, realizado na tarde de sábado, no Wembley Stadium, em Joanesburgo, os campeões nacionais derrotaram a Universidade da Zâmbia (UNZA Pacers), por 84-69, isolando-se no comando do torneio regional que decorreu na África do Sul.

Os zambianos acompanham o Ferroviário como a segunda qualificada para a próxima janela.

A equipa de Milagre Macome saiu ao intervalo a vencer, por 41-35, números que aumentaram no terceiro período onde marcou vinte e cinco pontos, ou seja, 66- 47.

O representante moçambicano que contou com o calor humano dos cidadãos nacionais residentes em Joanesburgo, fixou o resultado final em 84-69.

Entretanto, domingo, no encerramento da competição, os “locomotivas”da capital fecharam com a chave de ouro a sua participação na África do Sul, vencendo os anfitriões, os Jozi Nuggets, por 87-70.

Com estes números e invencibilidade, o Ferroviário terminou a prova com 10 pontos na classificação final, contra nove dos zambianos, segundos classificados, que na quinta e  última jornada venceram os Lions Club da Namíbia, por 70 - 66.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction