Director: Júlio Manjate

A SELECÇÃO Nacional sénior feminina de Basquetebol falhou o apuramento para os Jogos Olímpicos que terão lugar este ano em Tóquio, capital do Japão, ao perder todos os três jogos realizados no torneio qualificativo que teve lugar de quinta-feira até ontem em Belgrado, na Sérvia.

Ontem, naquele que era o último suspiro das guerreiras do Índico, o combinado nacional perdeu com as anfitriões (Sérvia) por 76-48, ou seja, foram 28 pontos de diferença, a margem mais suave por que Moçambique perdeu em Belgrado. É que os dois restantes jogos perdeu por números mais expressivos.

Com a Nigéria, na estreia, perdeu por 85-51, 34 pontos de diferença. Mas o resultado mais desnivelado foi contra os Estados Unidos, na noite de sábado, por 49-124, na segunda ronda do Grupo “A”. Mesmo assim, perante o poderio norte-americano no basquetebol é preciso se dizer que Moçambique fez tudo o que era possível na quadra.

Entretanto, o jogo de ontem até começou bem para Moçambique, que terminou o primeiro período a ganhar por 21-16. O combinado nacional caiu no segundo quarto, tendo ido ao intervalo a perder por 34-28. O terceiro período terminou com a nossa Selecção em desvantagem de 60-42. O quarto período foi péssimo para o combinado nacional, que só obteve seis pontos, perdendo por 76-48 finais.

Para se qualificar Moçambique precisava de uma vitória sobre a Nigéria para arrumar as contas. É que a Nigéria e Moçambique disputavam a única vaga (obrigatória) que a FIBA reserva para o Continente Africano. Não batendo a Nigéria, Moçambique teria de fazer melhor nos dois jogos subsequentes, o que se afigurava bastante difícil dado o poderio dos Estados Unidos e da Sérvia. Ontem, por exemplo, Moçambique era obrigado a ganhar por pelo menos 20 pontos de diferença e a Nigéria perder com os Estados Unidos.

Infelizmente o nosso país perdeu e os Estados Unidos bateram a Nigéria. Contudo, nem tudo foi mau no jogo frente à Sérvia. Anabela Cossa foi a melhor em campo, com 21 pontos, três ressaltos e dois roubos de bola. A Ingvild Mucauro destacou-se com cinco roubos de bola (só superada pela sérvia Ana Dabovic), sendo que Tamara Seda obteve nove ressaltos.

Assim, no Grupo “A” avançam para Tóquio a Sérvia, Estados Unidos e Nigéria. Noutro grupo que esteve no torneio de Belgrado os apurados são Espanha, China e Coreia do Sul.

Concluído este Torneio Pré-Olímpico de Belgrado, eis as 12 selecções apuradas que estarão no Tóquio-2020: Japão (anfitrião), Estados unidos (campeão do mundo), Sérvia, Nigéria, China, Coreia do Sul, Espanha, França, Austrália, Porto Rico, Bélgica e Canadá.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction