Director: Lázaro Manhiça

A Selecção Nacional de Futsal disse adeus no Campeonato Africano da categoria, que decorre n cidade Laayoune, Marrocos, depois de consentir mais uma derrota diante da Guiné-Conacri, por 7-3, no desfecho da segunda jornada do Grupo “B”.

Foi no Arena de Hizam Hall, local onde sucumbimos diante de Angola (7-4), que a Guiné Conacri, que também caiu aos pés do Egipto, na jornada inaugural (9-0), Moçambique não conseguiu evitar mais uma derrota por 7-3, diante da sua similar Guiné. Com este resultado, Moçambique é o último classificado do grupo sem pontos, sendo que Egipto, com a qualificação já garantida lidera com seis pontos, seguida de Angola e Guiné-Conacri, ambas com os mesmos pontos.

Moçambique que irá cumprir o calendário, irá bate-se na última jornada da fase de grupo com o Egipto, no dia 2 de Fevereiro, as 22.00 horas.

O objectivo principal do combinado nacional era marcar presença este ano na Lituânia, de 12 de Setembro a 4 de Outubro. A acontecer, seria a segunda vez que a equipa nacional estaria entre as melhores selecções do mundo, se se tiver em conta que em Outubro de 2016 marcou presença no “Mundial” realizado na Colômbia, como nos referenciámos anteriormente.

O regulamento do CAN de Marrocos impõe que os primeiros dois classificados de cada grupo apuram-se para os quartos-de-final.

Mesmos erros

No jogo entre aflitos, a selecção moçambicana não conseguiu impor-se perante uma Guiné que esteve ao seu alcance. Revelando um grande índice de ansiedade caracterizado pelo nervosismo e constantes dificuldades na construção de jogadas, os representantes moçambicanos estiveram de longe daquilo que nos tem apresentado nas suas performances. Aliás, na jornada inaugural, frente a Angola, o combinado nacional mostrou alguma luta e esteve melhor comparativamente ao desafio de ontem.

Perdendo fisicamente para os seus adversários, Moçambique estava ciente que era importante vencer para chegar a fase seguinte, afinal o sonho de marcar a presença em mais um “Mundial” continua latente nos treinados de Naymo Abdul.

Quando tudo indicava que a nossa selecção iria ao intervalo com o nulo no placard, as dificuldades na gestão da emoção voltaram a evidenciar-se, José da Silva viu um cartão amarelo desnecessário a passagem do minuto 13. Ainda assim, Moçambique continuou a luta na procura do golo, mas pouco certeiro. Sim, criamos poucas oportunidades de golo. E como reza o velho adágio, “quem não marca sofre”. Um duro golpe quando estavam jogados dois minutos para fim da contenda. Resultado com que se manteve até ao intervalo.

No reatamento, num lance envolvente e com alguma insistência Moçambique chega ao golo por intermédio de José Silva. Um golo que nos fez acreditar, mas iniciava mais um martírio, pois voltamos a ser os bombos da festa. Daouda (12´,5´ e 3´:16); Batoura ( 2´ e 9´ ) e Memba (8´ e 6´) e fizeram a festa. José da Silva (8´) e Edson (3´) reduziram o marcador para 3-6.

Ficha Técnica

Campo: Hizam Hall (Marrocos).

Assistência: cerca de 800 espectadores.

Arbitragem: Eric Mindjih (Comores).

Acção disciplinar: cartão amarelo para Vasco e Custódio; cartão vermelho para Mauro Cossa.

Comissário da CAF: Abílio Santo (São Tomé e Príncipe).

Golos: Batoura (2´); José da Silva (15´).

Moçambique: Custódio; Simião; José da Silva; Ziraldo e Mauro.

Suplentes utilizados: Edson, Oseias; Flávio; Vasco; Idelson.

Guiné-Conacri: Mohamed; Moktar; Batoura; Salim e Mbemba.

)RAIMUNDO ZANDAMELA, em Laayoune)

Comments

A epidemia de coronavírus tem forçado o adiamento/cancelamento de vários eventos desportivos na China. Amais recentesuspensão,por tempo indeterminado, é de todasas competiçõesde futebol, incluindo a liga principal.

A medida é explicada no site da associação, e visa “cooperar com a prevenção e controlo” do surto e “garantir a saúde”de jogadores, funcionários e adeptos, pelo que o início da temporada de 2020 será adiado. O arranque estava previsto parao dia22 do próximo mês.

A Associaçãode Futebol da Chinaacrescentou ainda que as equipas que disputam a Liga dos Campeões da Ásia vão jogar fora os três primeiros encontros em vez de os realizarem nos seus estádios.

Outras modalidades também foram afectadas, com destaque para o cancelamento dos Campeonatos do Mundo de pista coberta. A decisãofoitomada quarta-feira pela World Athletics.

A prova estava inicialmente marcada para o período entre 13 e 15 de Março na cidade chinesa de Nanjinge de acordo com o organismo que rege o atletismo mundial, os “Mundiais”de Pista Coberta deverão ser reagendados para 2021.

Vários eventos de qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio-2020, marcados para o próximo mêse Março, foram também mudados para outros locais, nomeadamente de pugilismo, que passou para Amman, futebol feminino, na Austrália, e basquetebol, em Belgrado.

AVolta a Hainan em ciclismofoiigualmente adiada para data a anunciar, depois de estar marcada para o final do próximo mês, anunciou a União Ciclista Internacional (UCI).

A Liga mundial de mergulho cancelou o evento marcado para Beijing, em Março, e admite que o mesmo poderá acontecer para nova etapa na China, em Abril.

Na China o novo coronavírus, já matou 170 pessoas e há mais 7.700 infectados. 

Os sintomas associados à infecção causada pelo coronavírus com o nome provisório de 2019-nCoV são mais intensos do que uma gripe e incluem febre, dor, mal-estar geral e dificuldades respiratórias, como falta de ar.

Comments

O CAMPEÃO nacional de básquete sénior masculino, o Ferroviário de Maputo, ficou integrado na Divisão Nilo, juntamente com Union Monastir da Tunísia,  Rivers Hoopers da Nigéria, Patriots do Ruanda, Zamalek do Egipto e FAP dos Camarões, segundo determinou a organização da prova, reunida recentemente em Paris, França.

A primeira edição da Liga Africana de Basquetebol, competição organizada pela FIBA-África em parceria com a Liga Norte Americana de Basquetebol (NBA), arranca no dia 20 de Março próximo, sendo que na primeira fase os “locomotivas” estarão baseados na cidade tunisina de Monastir.

A fase regular será ainda disputada nas cidades de Lagos (Nigéria) e Cairo (Egipto) em Abril. A fase a eliminar realiza-se em Maio na capital ruandesa, Kigali.

A outra Divisão, designada de Sahara, será constituída pelas seguintes equipas: AS Salé Marrocos, GSP Argélia, AS Police Mali, GNBC do Madagáscar, AS Douanes do Senegal e Petro de Luanda de Angola. 

Apuram-se para os quartos-de-final as primeiras quatro classificadas de cada grupo. Só por participar nesta prova, o Ferroviário encaixa pouco de mais de quatro milhões de meticais.

Comments

A SELECÇÃO Nacional de Futsal consentiu ontem, uma pesada derrota por 7-4, diante da sua similar de Angola, na jornada inaugural do Campeonato Africano das Nações (CAN). A prova que arrancou, terça-feira, em Laayoun (Marrocos) e prolongar-se-á até 9 de Fevereiro.

Inseridos no Grupo “B”, os treinados de Naymo Abdul, não conseguiram evitar a derrota tendo saído ao intervalo a perder por 4-1. Os representantes moçambicanos que conquistaram a medalha de bronze em 2016, tendo por via disso garantido o apuramento ao “Mundial” da Colômbia têm a obrigação de vencer o próximo jogo caso queiram discutir o acesso para a fase seguinte.

Com este resultado, o vice-campeão em título, Egipto ocupa a primeira posição do Grupo “A”, com três pontos depois de trucidar a Guiné-Conacri por esclarecedores 9-0, enquanto que na segunda posição está Angola, com os mesmos pontos (3). Na terceira e última posição encontram-se as selecções de Moçambique e da Guiné, ambas sem nenhum ponto.

No que ao Grupo “A” diz respeito, o anfitrião e campeão em título, Marrocos venceu a Líbia por tangenciais 3-0, enquanto que a Guiné-Equatorial bateu as Maurícias por 4-2 .

Na segunda jornada, Moçambique terá pela frente  a selecção da Guiné-Conacri. O desafio está a agendado para esta sexta-feira, às 22.00 horas de Moçambique.

O objectivo principal do combinado nacional é marcar presença este ano na Lituânia, de 12 de Setembro a 4 de Outubro. A acontecer, seria a segunda vez que a equipa nacional estaria entre as melhores selecções do mundo, se se tiver em conta que em Outubro de 2016 marcou presença no “Mundial” realizado na Colômbia, como nos referenciámos anteriormente.

O regulamento do CAN de Marrocos impõe que os primeiros dois classificados de cada grupo apuram-se para os quartos-de-final.

Resultados e classificações

Fase de grupos

1ª jornada - Grupo “A” - Terça-feira, 28/1/2020

Guiné Equatorial vs Maurícias  (4-2)       

Marrocos vs Líbia              (3-0)                                       

PRÓXIMA jornada (2.ª) - Quinta-feira, 30/1/2020

Maurícias vs Líbia

Marrocos vs Guiné Equatorial

Grupo A

 J                      V                     E                     D                    GM                GS                  Pts

Marrocos                     1                     1                    0                     0                     3                  0                    3

Guiné-Equatorial           1                     1                     0                     0                    4                  2                    3

Maurícias                     1                     0                     0                     1                    2                   4                    0

Líbia                            1                     0                     0                     1                    0                   3                    0

Grupo “B” - 1ª jornada - Quarta-feira, 29/1/2020

Egipto vs Guiné-Conacri (9-0)

Angola vs Moçambique  (7-4)

PRÓXIMA jornada (2ª) - Sexta-feira, 31/1/2020

Egipto vs Angola

Moçambique vs Guiné Conacri

Grupo B   

                                              J                      V                     E                     D                    GM                GS                  Pts

Egipto                               1                     1                     0                     0                     9                 0                     3

Angola                              1                     1                     0                     0                     7                 4                     3

3º Moçambique                      1                     0                     0                     1                     4                 7                     0

Guiné-Conacri                    1                     0                     0                     1                     0                  9                     0

Comments

A SELECÇÃO Nacional de futebol tem um novo calendário da campanha de qualificação para o CAN-2021, nos Camarões, na sequência da alteração das datas da realização daquele evento continental.

Assim, com a passagem do CAN para os tradicionais meses de Janeiro e Fevereiro, as datas dos restantes quatro jogos de apuramento tiveram de ser alteradas. Com efeito, a dupla jornada com os Camarões já não terá lugar em Agosto, passando para a semana de 23 a 31 de Março.

O primeiro jogo com os “Leões” Indomáveis terá lugar nos Camarões, sendo que o segundo em Maputo, pontuáveis, respectivamente, para a terceira e quarta jornada.

Já o jogo da quinta jornada, inicialmente previsto para Novembro, passa para a primeira semana de Junho. Assim, os “Mambas” deslocar-se-ão ao Ruanda no intervalo entre 1 a 9 de Junho.

O derradeiro jogo desta campanha, inicialmente previsto para Março de 2021, passa para Setembro, com os “Mambas” a receberem Cabo Verde.

De realçar que Moçambique lidera o Grupo “K” com quatro pontos, os mesmos dos Camarões. Cabo Verde está em terceiro com dois, sendo que o Ruanda é o “lanterna vermelha”, sem qualquer ponto.

Não foi só o calendário do CAN que foi mexido, o do apuramento ao Mundial-2022, no Qatar, também sofreu alterações, iniciando em Outubro deste ano e fechando em Setembro do próximo ano.

Refira-se que Moçambique vai conhecer seus adversários no sorteio agendado para a noite da próxima terça-feira, 21 de Janeiro, em Cairo.

O CAN volta aos meses de Janeiro e Fevereiro, depois de a edição-2019, no Egipto, ter decorrido em Junho e Julho. A alteração é justificada por razões climatéricas pelo país organizador, Camarões, que teve o aval da CAF para o reajustamento das datas.

O CAN-2021 terá lugar de 9 de Janeiro a 6 de Fevereiro.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction