Imprimir
Categoria: Desporto Nacional
Visualizações: 636

A DISPUTA do Moçambola-2021 retoma a partir das 14.30 horas desta tarde, com a realização de dois jogos na cidade de Lichinga e município de Vilankulo, onde os anfitriões, Ferroviário e Associação Desportiva, recebem o Textáfrica de Chimoio e a União Desportiva de Songo, respectivamente, em jogos da 12.ª jornada.

O Moçambola retoma exactamente 26 dias depois da interrupção que deu lugar à participação da Selecção Nacional no Torneio da COSAFA.

Na capital do turismo da província de Inhambane, a Associação Desportiva de Vilanculo, sexta classificada, com 17 pontos, recebe a União Desportiva de Songo, quarta na tabela, com dois pontos a mais. Nesta deslocação a Vilankulo, a UD Songo ainda estará sob comando técnico do moçambicano Carlos Manuel “Caló”, visto que o anunciado treinador sérvio que vai formalmente substituir o demitido Nacir Armando, Srdjan Zivojnov, ainda não se apresentou na formação da província de Tete.

Já em Lichinga, o primodivisionário Ferroviário local, quinto classificado com 18 pontos, recebe a visita do aflito e histórico Textáfrica de Chimoio, 11.º e penúltimo na tabela classificativa com apenas sete pontos. Se a tendência dos últimos resultados se mantiver, os “locomotivas” de Lichinga são claramente favoritos à vitória, ante um adversário que enfrenta dificuldades de vária ordem e que só ganhou uma vez em 11 jogos.