Director: Júlio Manjate

O FERROVIÁRIO de Maputo apurou-se, ontem, para a final da Taça de Moçambique/TMCEL ao vencer o Textáfrica nos penaltes, por 4-3, em jogo da segunda “mão” das meias-finais realizado no campo da Soalpo, em Chimoio.

No final do tempo regulamentar e no prolongamento o jogo terminou empatado a uma bola, mesmo resultado verificado no encontro da primeira “mão”, no Estádio da Machava.

O Ferroviário a precisar de marcar, visto que estava em desvantagem na eliminatória entrou melhor, tendo inaugurado o marcador por Uche aos 11 minutos, mas aos 53, os “fabris do planalto” iriam empatar por intermédio de Osvaldo. O marcador não mais se alterou e o primeiro finalista teve que ser encontrado na lotaria dos penaltes. 

Esta será a décima primeira vez que os “locomotivas” estarão presentes na final da segunda mais importante competição do calendário futebolístico nacional, tendo vencido já por cinco vezes. Refira-se que a turma de Chimoio já esteve presente por três vezes na final.

Falta encontrar o segundo finalista que sairá do embate entre Liga Desportiva de Sofala e União Desportiva do Songo, sendo que os “hidroeléctricos” estão com pratricamente os dois pés na final, depois de na primeira “mão” terem vencido por expressivos 9-0. A partida se realiza na quarta-feira.

A UD Songo já conquistou a Taça por uma vez, em 2016, tendo igualmente saído derrotado numa final em 2017.

O Costa do Sol, já eliminado, é o actual detentor do título.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction