Director: Lázaro Manhiça

 

AS obras de melhoramento do pavilhão Gimnodesportivo principal da UEM arrancam na segunda quinzena do mês corrente, segundo deu a conhecer uma fonte ligada ao recinto, que vai acolher o campeonato regional da COSAFA em futsal.

O evento a realizar-se nos dias 21 a 31 de Outubro deste ano, depende da reabilitação do tecto, piso e outras áreas adjacentes ao pavilhão tendo em conta a data que se aproxima para o torneio regional.

O acto foi desencadeado através de um memorando de entendimento assinado entre a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) e a Escola Superior de Ciências de Desporto (ESCIDE) da Universidade Eduardo Mondlane (UEM).

Anotar que o acordo baseia-se numa parceria que assenta na partilha do Pavilhão Gimnodesportivo principal da UEM, por um período de cinco anos entre 1 de Agosto de 2021 e 1 de Agosto de 2026.

Neste contexto, a FMF irá efectuar um investimento equivalente a MZN 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil meticais) para reabilitação e manutenção da infra-estrutura durante a vigência do acordo rubricado.

Sabe-se igualmente que em breve estará em Maputo uma delegação da organização da prova que efectuará uma visita à Maputo para se inteirar do nível de preparação. A mesma equipa esteve em Abril, onde efectuou uma visita a vários campos de futsal na capital do país, com o intuito de avaliar o estado em que os mesmos se encontram. Trata-se dos pavilhões do Grupo Desportivo Iquebal, Apolitécnica, Associação Académica de Maputo, Clube de Desportos da Maxaquene, Grupo Desportivo Maputo e Liga Desportiva de Maputo.

 


Comments

QUANDO Moçambique receber a Costa do Marfim, esta tarde, a partir das 15:00 horas, no Estádio Nacional do Zimpeto, o duelo entre os dois países passará a ser o quinto da história, num despique que começou a 7 de Março de 1986, em partida da primeira jornada do Grupo “A” do Campeonato Africano das Nações (CAN), que foi disputado no Egipto.

Nos quatro anteriores embates, os “Mambas” sempre encontraram dificuldades impostas pelos “elefantes” que, ao longo de anos, tiveram melhores resultados nos jogos disputados, com um saldo de apenas um empate e três derrotas.

No jogo de 7 de Março de 1986, disputado no Estádio Internacional do Cairo,Egipto,na estreia absoluta de Moçambique na fase final de um CAN, a Costa do Marfim ganhou, por 3-0, com dois golos de Abdoulaye Traoré (25 e 74’)  e outro de Ndiri, a quatro minutos do apito final.

Volvidos 10 anos, desta feita para o CAN da África do Sul-96, a 21 de Janeiro de 1996, a Costa do Marfim voltou a ganhar, em jogo da segunda jornada do Grupo “D”, disputado em Port-Elisabeth. O golo dos “elefantes” foi marcado pelo lendário craque Joel Tiéhi, cuja performance no emblema costa-marfinense resultou em 28 golos em 50 jogos disputados pela camisola do seu país.

E porque não há duas sem três, a Costa do Marfim atingiu a terceira vitória consecutiva, por 1-0, em jogo da primeira jornada do Grupo 7 da segunda fase da dupla campanha de qualificação ao CAN e Mundial de 2010, em Angola e África do Sul, respectivamente. A 1 de Junho de 2008, no Estádio Félix Houphouët-Boigny, em Abidjan, Moçambique falhou uma grande penalidade por Dário Monteiro, aos 29 minutos, e, a um quarto de hora do final do jogo, o recém-entrado Sekou Cisse fez o golo que derrotou os “Mambas”.

Volvidos três meses e seis dias, a 7 de Setembro, as duas equipas reencontraram-se no Estádio da Machava, em Maputo, para o jogo da quinta jornada. Os costa-marfinenses colocaram-se na dianteira por Bakari Koné, aos 48 minutos, mas a resposta foi pronta e demorou apenas quatro minutos. De pé esquerdo, na cobrança de um livre directo, o defesa Miro marcou o golo que fixou o resultado final em 1-1, conferindo aos “Mambas” o único ponto em quatro embates com o adversário desta tarde.

De permeio, o futebol da Costa do Marfimsobre Moçambique também no que tange a confrontos entre clubes em provas da CAF.

O gigante Asec Mimosas, por exemplo, ganhou três e empatou apenas um dos quatro jogos que fez diante do Costa do Sol, sempre para a Liga dos Campeões Africanos. Em 1993, para os oitavos-de-final, o Asec Mimosas recebeu e venceu o Costa do Sol, em Abidjan, por 2-0, vindo empatar em Maputo por 1-1. Em 2002, já na fase de grupos do actual formato da Liga dos Campeões, os amarelos da capital marfinense esmagaram o campeão moçambicano, por 5-0, em sua casa e, em Maputo, voltaram a ganhar, desta feita, por 1-0.

O Ferroviário de Maputo também enfrentou o Africa Sports, tendo perdido por 5-0 fora e 2-1 em casa.

Comments

A SELECÇÃO Nacional de Futebol defronta hoje, a partir das 15:00 horas, no Estádio Nacional do Zimpeto, a sua similar da Costa do Marfim com ambição de conquistar um resultado positivo. O desafio está inserido na primeira jornada do Grupo “D” de apuramento ao Campeonato do Mundo agendado para o Qatar, próximo ano.

O conjunto moçambicano finalizou na manhã de ontem no Zimpeto a preparação da partida, tendo o seleccionador nacional, Horácio Gonçalves, puxado pela atenção dos atletas a aspectos tácticos por implementar na partida.

A equipa técnica e os próprios atletas preveem um jogo difícil e que vai exigir muito labor e entreajuda ao longo dos 90 minutos, sabido que a selecção adversária é constituída por jogadores habituados a jogos mais exigentes e tem quase obrigação de se qualificar ao “Mundial” do Qatar.

Todavia, Horácio Gonçalves anotou que a equipa vai entrar em campo com objectivo de vencer e para tal conta com ambição e frescura dos jovens convocados. Os atacantes Geny Catamo e Luís Miquissone falaram ontem a jornalistas e corroboraram com o treinador.   

Comments

A SELECÇÃO Nacional de Futebol realiza esta manhã, no Estádio Nacional do Zimpeto, o último treino tendo em vista a partida de amanhã, sexta-feira, às 15.00 horas, frente à Costa do Marfim, inserida na primeira jornada do Grupo “D” de qualificação ao Campeonato do Mundo agendado para o Qatar, em 2022.

Ontem, juntaram-se ao grupo Reinildo Mandava (Lille, França), Francisco Simbine “Bonera” e Amâncio Canhemba “Neymar” (ambos do Marítimo, de Portugal). Os três jogadores chegaram na manhã de ontem a Maputo e participaram no treino vespertino realizado no campo da Associação Black Bulls, na Matola.

A delegação da Costa do Marfim chega hoje a Maputoe vai realizar o treino de adaptaçãoao relvado do Estádio Nacional do Zimpeto à tarde.

O desafio Moçambique-Costa do Marfim será dirigido por uma equipa de arbitragem do Burundi, nomeadamente, Pacifique Wenimana (árbitro principal), Emery Niyongabo (1.ºassistente), Pascal Ndimuzigo (2.º assistente) e Georges Gatogato (4.º árbitro). O comissário da CAF é o tanzaniano Ahmed Iddi Ngoyi.

Entretanto, o seleccionador moçambicano, Horácio Gonçalves, indicou que a equipa está a preparar-se para dar o seu melhor e conquistar os três pontos, sabendo que “todos os adversários do grupo são fortes, mas nem por isso nos devemos sentir diminuídos. Nesta fase de construção de uma equipa, naturalmente que jogo-a-jogo vamos pensar em vencer, como sucedeu nos escalões inferiores recentemente”.

Comments

A SELECÇÃO Nacional de Futebol prossegue hoje, a partir das 15.00 horas, a sua preparação tendo em vista o jogo com a congénere da Costa do Marfim, pontuável para a primeira jornada do Grupo “D” de acesso ao Mundial-2022, no Qatar, com um treino marcado para o campo da Black Bulls, no Tchumene.

É o segundo dia dos trabalhos, depois do treino de ontem no relvado do Costa do Sol. Ontem o treino incidiu na regeneração (recuperação) física dos atletas que, para além de jogos no fim-de-semana, fizeram longas viagens, sobretudo os que actuam no estrangeiro. Por outro lado, foram trabalhados os aspectos tácticos, até porque o jogo de sexta-feira será com um adversário que merece todo o respeito, sendo a organização táctica um dos aspectos indispensáveis para travar o gigante da África Ocidental.

Entretanto, seleccionador nacional já sabe que não poderá contar com o extremo esquerdo Witi, que joga nos madeirenses do Nacional (Portugal), a braços com uma lesão. A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) recebeu, no fim-de-semana, um relatório médico detalhado do Nacional que dá conta da indisponibilidade do atleta por questões físicas.

Com efeito, Horácio Gonçalves optou por chamar o lateral esquerdo do Costa do Sol Danilo Muze para o lugar de Witi.

Entretanto, todos os restantes convocados para esta dupla jornada (a segunda será diante do Malawi no dia 7 na África do Sul) já estão à disposição do seleccionador nacional, à excepção de Francisco “Bonera” Simbine, Amâncio “Neymar” Canhembe e Reinildo Mandava, que são esperados hoje.

Reinildo, que joga no Lille da França, fez um jogo no domingo para a Ligue 1, devendo ser dos últimos a se apresentar aos trabalhos. Os restantes “estrangeiros”, nomeadamente Abel Joshua, Zainadine Jr, Luís Miquissone, Geny Catamo e Bruno Langa já estão em Maputo.

Para além do treino de hoje, os “Mambas” voltam a entrar em campo amanhã, a partir das 9.00 horas,no Estádio Nacional.

Moçambique joga com a Costa do Marfim na sexta-feira, às 15.00 horas, no Zimpeto, naquele que será o segundo jogo oficial entre as duas selecções no território nacional. O primeira remonta de 2008, pontuável para as eliminatórias combinadas de acesso ao CAN e Mundial-2021, com um empate a uma bola no Estádio da Machava. Nessa tarde de um domingo, 7 de Setembro, Bakary Koné abriu o activo para os “elefantes”, antes de Miro empatar, num grande golo de livre directo. De lá a esta parte passam 13 anos e as duas selecções mudaram completamente de xadrez.

 

COSTA DO MARFIM CHEGA AMANHÃ

A selecção da Costa do Marfim desembarca amanhã de manhã em Maputo tendo em vista o duelo com os “Mambas”. Os “elefantes” vêm com uma delegação de cerca de 40 pessoas, entre atletas, técnicos, dirigentes e pessoal de apoio.

Contra Moçambique a Costa do do Marfim não vai contar com duas das suas mais cintilantes estrelas, designadamente Nicolas Pepe (Arsenal) e Wilfred Zaha (Crystal Palace),ambos na Inglaterra. Contudo, contará com os não menos conhecidos Gervinho (Trabzonsporda Turquia), Serge Aurier (Tottenham) e Éric Bailly (Man. United).

Ainda amanhã a selecção costa-marfinenseirá fazer o treino de adaptação ao relvado do Estádio Nacional do Zimpeto àhora do jogo. Aliás, este será o único treino do adversário dos “Mambas” no território nacional.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction