Director: Lázaro Manhiça

O FERROVIÁRIO da Beira vai receber este fim-de-semana a Liga Desportiva de Maputo convicto de vai somar mais três pontos que lhe permitirão manter o objectivo de alcançar o primeiro lugar ocupado pela Associação Black Bulls, que vai enfrentar o Matchedje de Mocuba, último classificado.

As partidas estão inseridas na 16.ᵃ jornada do Moçambola, a ser disputada na totalidade no domingo, a partir das 14.30 horas, excepto o jogo entre os Ferroviários de Nacala e de Maputo, que se inicia às 13.00horas.

Os “locomotivas” da Beira somam 30 pontos e estão a seis do líder,Black Bulls, tendo recuperado a segunda posição fruto da vitória sobre o homónimo de Lichinga, por 1-0. A Liga Desportiva vai apresentar-se pressionada a pontuar, porestar a escassos quatro pontos da zona de despromoção, em nono lugar, com 18 pontos, os mesmos do Incomáti.

O Black Bulls vai entrar em campo sabendo que vai terminar a jornada intacto na liderança, pelo que o seu principal objectivo é somar mais três pontos perante um Matchedje que não demonstraargumentos paramanter-se no campeonato. Os “militares” de Mocuba permanecem na cauda da classificação com apenas sete pontos.

Na Matola, em mais uma final para garantir um lugar na próxima edição do Moçambola, o Desportivo, 14 pontos, terá pela frente a União Desportiva do Songo, terceiro posicionado com 29 pontos. Prevemos uma tarde dificílima para a turma orientada por Satar Salvado, que continua em remendos depois de perder quase todosos atletas em Junho passado.

O Costa do Sol, sexto classificado com 21 pontos, vai receber o Ferroviário de Nampula, 17 pontos e com duas vitórias consecutivas. Se o efeito Artur Semedo já se faz sentir nos “canarinhos”, o mesmo serve para a chegada de Nelson Santos nos “locomotivas”, cada vez mais determinados a assegurar a manutenção. Mais condimentos para um jogo de elevada qualidade.

A jornada tem ainda outros jogos que se esperam competitivos, a saber: Ferroviário de Nacala-Ferroviário de Maputo, Textáfrica-ENH e Ferroviário de Lichinga-Incomáti.

Comments

A DIRECÇÃO do Clube Ferroviário de Maputo acaba de apresentar o antigo defesa central Carlos Baúte como novo treinado interino da equipa principal de futebol em substituição de Abdul Razaque, cujo contrato termina a 31 de Agosto.

A decisão foi tomada na manhã de hoje, domingo (08), e divulgada através de um breve comunicado nas suas páginas oficias na internet, onde pode se ler: “A direcção do Clube Ferroviário de Maputo, CFvM, comunica às entidades público-privadas, à Federação Moçambicana de Futebol, aos sócios, adeptos e simpatizantes, a não renovação do contrato de trabalho celebrado entre o clube e o treinador da equipa principal de futebol, Daude Razaque, cujo término estava previsto para dia 31 de Agosto do ano em curso”.

Mas adiante o clube “locomotiva” explica os motivos que estão por detrás da não renovação do contrato com Razaque, escrevendo que “esta decisão amigável foi tomada em consonância com os resultados desportivos que foram apresentados pela equipa, neste momento a não corresponderem aos objectivos mutuamente acordados”.

Através do mesmo comunicado, a “direcção do clube comunica igualmente que Carlos Simião Baute, assume imediatamente o comando interino da equipa principal de futebol”.

Ainda neste domingo, Carlos Baúte foi investido nas novas funções, tendo afirmado que, é para ir logo ao trabalho, porque a equipa encontra-se numa posição não muito boa no Moçambola e por aquilo que ia acompanhando, é um conjunto com uma boa produção, mas faltava o poder ofensivo.

“Vamos trabalhar muito no aspecto da finalização de forma a mudar o rumo dos acontecimentos” vincou Baute.

(NOTíCIAS/LANCEMZ)

Comments

O COSTA do Sol recebe hoje (08) o Ferroviário da Beira, no jogo que encerra a disputa da 14ª jornada do Moçambola-2021, com o condão de assinalar a estreia do técnico Artur Semedo no comando dos campeões nacionais em título.

O encontro mais importante da jornada ocorre numa altura crítica para os “canarinhos” que não ganham há quatro jogos consecutivos e viram a demissão do técnico Artur Comboio despoletar um mal estar entre adeptos e a direcção do clube e à contratação, com rótulo de salvador, de Artur Semedo para orientar a formação do Ma Tchiki Tchiki. Nos últimos quatro jogos do campeonato, o Costa do Sol empatou todos, diante da Black Bulls (2-2), Textáfrica (0-0), Liga Desportiva de Maputo (0-0) e Ferroviário de Lichinga (0-0), quedando-se para o oitavo lugar com 17 pontos.

Menos mal está, em sentido oposto, o Ferroviário da Beira, segundo classificado com 27 pontos, que nos últimos quatro jogos amealhou oito pontos em 12 possíveis, frutos de duas vitórias sobre o Desportivo de Maputo (1-0) e Ferroviário de Nacala (0-3) e, ainda, dois empates ante a Black Bulls (0-0) e Textáfrica (1-1).

Entretanto, depois dos jogos de quinta-feira e ontem, a primeira jornada da segunda volta do Moçambola prossegue esta tarde, com o Desportivo de Maputo a receber o Matchedje de Mocuba, no campo do Grupo Afrin, na cidade da Matola, num embate que tem o condão de colocar frente-a-frente equipas que lutam pela manutenção e que têm a mesma sequência de resultados nas últimas cinco jornadas.

Os alvi-negros, que chegam a este jogo em 10° lugar com 11 pontos, têm pela frente uma equipa militar que, apesar de ser lanterna vermelha com apenas sete pontos, ganhou mais pontos e deu claros sinais de vitalidade nas últimas cinco jornadas desde a chegada do técnico Nacir Armando,do que nos oito embates anteriores em que havia ganho apenas três pontos.

Nos últimos cinco jogos, os militares da província da Zambézia ganharam e empataram uma vez, na 12ª e 10ª jornada, na recepção ao Ferroviário de Maputo (1-0) e visita ao ENH de Vilankulo (2-2), respectivamente. Nos restantes três jogos perderam diante do Ferroviário de Nampula (0-1), Liga Desportiva de Maputo e UD Songo, pelo mesmo resultado de 2-1, nas últimas três rondas, respectivamente. A equipa de Nacir Armando marcou quatro golos e sofreu sete.

Em sentido oposto, o Desportivo fez quase tudo igual, mas com a diferença de ter marcado apenas dois golos e sofrido seis nas últimas cinco partidas em que ganhou e empatou, também, apenas uma vez, diante do Ferroviário de Nampula (0-1) e Incomáti de Xinavane (1-1), na 12ª e 11ª jornada, respectivamente. As três derrotas foram nas recepções ao Ferroviário de Lichinga e ENH de Vilankulo, pelo mesmo resultado de 2-0, respectivamente na nona e 13ª jornada e, ainda, na deslocação ao Caldeirão do Chiveve, por 1-0, frente ao Ferroviário da Beira, na 10ª jornada.

Comments

AFROBASKET-2021: Moçambique apresenta “esquadrão” esta semana

A EQUIPA técnica e as respectivas atletas convocadas para o Campeonato Africano de Basquetebol – Afrobasket 2021, em séniores femininos, a disputar-se entre os dias 17 e 27 de Setembro, em Yaoundé (Camarões), deverá ser apresentada sexta-feira (06), em conferência de imprensa, segundo avançou uma fonte bem posicionada da Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB).

O sorteio realizado no último sábado, nos Camarões, colocou Moçambique no grupo B, juntamente com a bicampeã Nigéria e mais uma equipa que será apurada ao nível da Zona VI, num torneio a ser organizado em Luanda (Angola), entre os dias 16 e 23 do corrente mês.

 Entre as equipas candidatas a participarem do apuramento, demonstraram interesse, além da anfitriã Angola, Botswana e Zimbabwe, sendo as donas da casa as favoritas a preencherem a vaga do grupo do combinado nacional.

A selecção angolana apresentou o seu treinador e as convocadas para o certamente na última terça-feira (03), sendo que começa a trabalhar sexta-feira. A confiança recaiu em Walter Costa, técnico que buscou duas internacionais moçambicanas (Tamara Seda e Onélia Mutombene) para conquistar “dobradinha” (Taça e Campeonato Angolano) pelo Primeiro de Agosto, há uma semana.

No grupo A está a anfitriã Camarões,  Cabo Verde e Quénia. O grupo C é composto por Senegal, Egipto e Gabão. Mali, Costa do Marfim e mais uma equipa ainda por apurar integrarão o grupo D.

 

Comments

OS sócios e adeptos do Costa do Sol fizeram, na tarde segunda-feira, denúncias bombásticas sobre o dia-a-dia do clube, com Artur Faria (director desportivo) e Jeremais da Costa (vice-presidente) como os principais visados, eles que são acusados de má gestão dos fundos do clube, o que culmina com resultados negativos desportivamente.

Segundo o porta-voz dos sócios “canarinhos”, António Paiva, o clube está elitizado e longe dos sócios e adeptos, andando àvolta desta dupla, Faria e Costa, que, segundo eles, fazem e desfazem, sobretudo no plantel da equipa principal de futebol.

LEIA MAIS NO DIGITAL..

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction