Director: Lázaro Manhiça

A SELECÇÃO Nacional de Futebol estreia-se hoje, no Isaac Wolfson, em Port Elizabeth, África do Sul, frente ao Zimbabwe, em desafio inaugural do Grupo “B” referente à 20.ª edição do  Torneio da COSAFA.

O desafio está marcado para às 12.00 horas seguido do embate entre as formações do Senegal e Namíbia, também do grupo de Moçambique.

Com a retirada à última da hora de Madagáscar e as Ilhas Comores, a organização foi obrigada a operar mudanças no formato da competição, que passará a ter dois grupos de cinco equipas cada, contrariamente ao anterior de três com quatro selecções. Por outro lado, ao invés de efectuar  três jogos, os “Mambas” terão pela frente quatro embates e apenas um dia de descanso.

Com este volte-face, o seleccionador nacional, Horácio Gonçalves, foi obrigado a consciencializar os jogadores em relação ao sucedido, no treino de ontem, num dos anexos do majestoso Estádio Nelson Mandela Bay, de preparação do jogo de hoje.

“Sabemos que atravessamos um momento difícil dada as circunstâncias em que nos encontrámos e isso nos obriga a estarmos preparados para tudo e, acima de tudo, arranjar soluções. É evidente que esta notícia afecta a todos… mas temos que pensar de forma positiva e encarar isto com naturalidade e responder de forma afirmativa. Esperávamos realizar dois treinos o que não aconteceu”, lamentou Gonçalves .

De acordo com o novo sorteio, Moçambique passa a fazer parte do Grupo “B”, juntamente Zimbabwe, Senegal, Namíbia e Malawi.

No Grupo“A” passam a fazer parte a Zâmbia, Lesotho, Eswatini, África do Sul e Botswana. Os dois primeiros classificados de cada grupo transitam para as meias-finais.

Comments

O PRIMEIRO-MINISTRO, Carlos Agostinho do Rosário, apelou aos atletas olímpicos a representarem exemplarmente o país nos jogos de Tóquio que terão lugar de 23 de Julho a 8 de Agosto, na capital do Japão.

Carlos Agostinho do Rosário, que falava na tarde de ontem na cerimónia de despedida da delegação moçambicana composta por 10 atletas, técnicos, pessoal de apoio e dirigentes, num total de 26 pessoas, apelou aos atletas a representarem exemplarmente a nação e que cada um tenha consciência de que carrega consigo a bandeira nacional e os cerca de 30 milhões de moçambicanos.

“Tenham consciência de que vão ao maior evento desportivo do mundo. Participem da melhor maneira e conquistem o maior número possível de medalhas. Sejam embaixadores de Moçambique nesta competição, quer em termos desportivos, quer em termos culturais. Façam amizades, estabeleçam parcerias para vós e para o país e, acima de tudo, reforcem as medidas de prevenção à Covid-19, dado que estes Jogos decorrem sob espectro da pandemia. Boa viagem, sucesso e saúde. Façam o melhor como moçambicanos que sois”, exortou.

Num outro desenvolvimento, o Primeiro-ministro, que falava em nome do Presidente da República, Filipe Nyusi, recordou aos atletas que os Jogos Olímpicos são um momento ímpar para o reforço do ambiente de fraternidade, solidariedade, mas também uma grande montra desportiva e competitiva global, uma espécie de vitrine internacional.

“Queremos enaltecer a vossa dedicação e abnegação ao conseguirema qualificação para Tóquio mesmo com os condicionalismos impostos pela Covid-19.Isto é sinal revelador da vossa entrega e qualidades desportivas como atletas”, enalteceu.

BOXE PARTE AMANHà

Entretanto, a delegação moçambicana inicia amanhã, em fases, a viagem ao Japão.  

A ida por grupos deve-se ao facto de a cerimónia de abertura desta edição ter um número reduzido de participantes, ao contrário das anteriores. Por isso, as deslocações serão em função dos dias do arranque das respectivas competições. 

Assim, amanhã seguem as pugilistas Alcinda Panguana (69Kg) e Rady Gramane (75Kg) e o respectivo treinador, Lucas Sinóia. 

Este grupo não vai directo a Tóquio. Antes de entrar na vila dos Jogos, as pugilistas irão cumprir um mini-estágio na cidade japonesa de Ehime.  

O torneio olímpico de boxe arranca a 24 de Julho e Moçambique participa pela primeira vez com o boxe feminino. 

As velejadoras Deisy Nhaquile (Classe laser radial) e a dupla Maria Machava e Denise Parruque (Classe 470) seguem no dia 12, para começarem a competir a 25 de Julho. O nadador Igor Mogne, que se beneficia de bolsa olímpica em Portugal, entra em acção no dia 24 de Julho. 

O último a chegar a Tóquio será o corredor Creve Machava, que se encontra na Alemanha, no dia 24 de Julho, para entrar em competição no dia 30 de Julho. 

Na lista dos qualificados consta ainda Kevin Loforte (judo), que ainda está a recuperar da lesão contraída em Maio, Joaquim Lobo (canoagem), que vai partir de Portugal. 

O chefe da missão, Francisco Mabjaia, destacou o facto de Moçambique ter estado perto de qualificar uma modalidade colectiva através do basquetebol feminino, que caiu no pré-olímpico de Sérvia, e do vólei de praia masculino, que falhou acesso ao perder a final diante de Marrocos. 

Nesta que é a décima primeira presença em olimpíadas, Moçambique leva 10 atletas aos Jogos de Tóquio, mais quatro que nas olimpíadas de Rio de Janeiro, em 2016.

Comments

O PRIMEIRO ensaio dos “Mambas” realizado ontem, contra a Liga Desportiva de Maputo, no contexto da preparação do torneio COSAFA, foi marcado pela intensidade e busca de automatismos entre os atletas, o que nem sempre foi conseguido, bastando assinalar que a partida terminou com uma vitória por 2-0 do conjunto orientado por Dário Monteiro.

Mais do que o desfecho final do ensaio, Horácio Gonçalves terá saído satisfeito com o empenho dos jogadores e a intensidade que emprestaram a cada jogada disputada, tendo para isso também contribuído a astúcia da formação da Liga. Os golos “muçulmanos” foram marcados todos na primeira parte, por Eládio e Nazir. A selecção olímpica desperdiçou uma grande penalidade na etapa decisiva, através de Dilson, curiosamente avançado da Liga.

Dos jogadores convocados, não esteve presente na sessão o defesa Fidel, da Associação Black Bulls, devido à lesão. Apenas o guarda-redes Ernani não foi utilizado. Ainda ontem, foi administrada aos atletas a vacina contra a Covid-19, sendo em alguns casos a segunda dose.

Os “Mambas” estão em estágio na Casa Militar e preparam a sua participação no torneio regional da COSAFA a ter lugar na cidade de Port Elizabeth, África do Sul, de 7 a 18 de Julho corrente.

Depois das sessões de treinos previstas para Maputo, a equipa moçambicana deverá seguir no dia 4 de Julho próximo para a África do Sul, onde vai realizar o primeiro jogo no dia 8 de Julho. Moçambique vai disputar o apuramento às meias-finais no Grupo “C”, juntamente com Senegal, Zimbabwe e Namíbia.

O primeiro jogo dos “Mambas” nesta edição do Torneio da COSAFAserá no dia 8 de Julho, às 12.00 horas, contra o Zimbabwe. Na segunda jornada, Moçambique vai jogar com o Senegal, a partir das 17.00 horas do dia 11 de Julho e o terceiro e último encontro da fase de grupos está marcado para o dia 14 de Julho, contra a Namíbia.

Segundo o regulamento da prova, apuram-se às meias-finais os primeiros classificados de cada grupo e o segundo melhor classificado detodos os grupos.

Comments

HORÁCIO Gonçalves, seleccionador nacional de futebol, divulgou na tarde de ontem, na cidade de Nampula, a lista dos 23 eleitos para o Torneio regional da COSAFA, a ter lugar na cidade de Port Elisabeth, África do Sul, de 7 a 18 de Julho próximo. Moçambique começa a preparação próxima segunda-feira, em Maputo.

Da lista anunciada ressaltam o compromisso de participar na prova com uma selecção olímpica, Sub-23, e, também, as ausências do defesa Bruno e avançado Geny Catamo, utilizados recentemente no torneio triangular disputado com Lesotho e Eswatini, em Maputo. Há ainda a destacar as entradas do guarda-redes Danny, do Ferroviário de Lichinga, e Mexer, da Associação Desportiva de Vilankulo. 

Moçambique vai disputar o apuramento às meias-finais no Grupo “C”, juntamente com Senegal, Zimbabwe e Namíbia. O primeiro jogo dos “Mambas” nesta edição do Torneio da COSAFA será no dia 8 de Julho, às 12:00 horas, contra o Zimbabwe, seis vezes vencedor da competição. Na mesma data Senegal vai enfrentar Namíbia, a partir das 15:00 horas.

Na segunda jornada, Moçambique vai jogar com Senegal, a partir das 17:00 horas do dia 11 de Julho, a seguir ao confronto entre Zimbabwe e Namíbia, indicado para iniciar às 14:00 horas.

A última jornada do Grupo “C” será disputada no dia 14 de Julho, com os dois jogos a iniciarem às 15:00 horas. Moçambique vai fechar com Namíbia e Senegal bater-se-á com o Zimbabwe. As partidas das meias-finais terão lugar no dia 16 de Julho, enquanto a final e o desafio de apuramento do terceiro classificado terão lugar no dia 18, às 17:00 e 14:00 horas, respectivamente.

A 20ª edição da competição vai envolver um total de 12 selecções nacionais, divididas em três grupos de quatro cada. O Grupo “A” integra África do Sul, Lesotho, Eswatini e Botswana, enquanto no Grupo “B” vão competir a campeã em título, Zâmbia, Malawi, Madagáscar e Comores.

Segundo o regulamento da prova, apenas os primeiros classificados de cada grupo apuram-se às meias-finais e o segundo melhor classificado de todos os grupos.  

Isso significa que cada selecção tem a garantia de três jogos até um máximo de cinco, o que proporcionará uma preparação importante para as selecções envolvidas nas eliminatórias para o Campeonato do Mundo de 2022, no Qatar, com início previsto para Setembro próximo.

EIS A CONVOCATÓRIA

Guarda-redes: Ernani (Fer. Maputo); Victor (Costa do Sol) e Danny (Fer. Lichinga).

Defesas: Ciganinho (Liga), Danilo (Costa do Sol), Betão e Mexer (AD Vilankulo), Jesus e Martinho (ABB), Macaime (Desportivo) e Bonera (Marítimo).

Médios: Shaquile e Mapangane (Fer. Maputo); Candinho (UD Songo); Alberto e Adamo (Fer. Beira); Nilton (Costa do Sol); Maestro (Guimarães).

Avançados: Víctor Jr. e Melque (ABB); Estevão e Dilson (Liga); e Salas (Fer. Nampula). 

Comments

O COSTA do Sol impôs, ontem, um empate a duas bolas ao Black Bulls, líder do Moçambola-2021,naquele que foi o jogo mais aguardado da décima jornada.

Com este empate, na casa dos “canarinhos”, actuais campeões, a Black Bulls viuquebrada a série de cinco vitórias consecutivas (desde a retoma do campeonato em Maio que só vencia) e permitiuigualmente a aproximação do Ferroviário da Beira, que venceuna recepção ao Desportivo de Maputo por 1-0, subindoassimdo terceiro para o segundo lugar. Volvidas dez jornadas, os “touros” comandam com 26 pontos, contra 22 dos “locomotivas” da capital de Sofala.

Nesta ronda importa ressalvar a primeira derrota do Ferroviário de Maputo na competição. Os “locomotivas” deram-se mal com os “ares” do Estádio 25 de Junho e perderam mesmo a invencibilidade diante do homónimo de Nampula, por 1-0. Devido a este desaire os comandados de Daúdo Razak caíram para a terceira posição, somando agora 21 pontos. Uma nota ainda para a subida de forma dos nampulenses, que alcançaram o segundo triunfo, sob o comando do novo treinador, Nelson Santos. Graças a esta vitóriao Ferroviário de Nampula subiu para o décimo posto, afastando-se ainda mais da zona de despromoção.

Em Vilankulo o desfecho foi surpreendente,com o ENH, que afinal ainda não usa a designação ADV,a ceder um empate a dois golos frente ao último classificado, Matchedje de Mocuba. Quem não deixou os seus créditos em mãos alheias é a União Desportiva doSongo, que foi ao reduto do Incomáti vencer por 2-1, igualando precisamente com a turma de Vilankulo no quinto lugar,com 16 pontos. Por seu turno, o Textáfrica, penúltimo classificado, empatou com a Liga a um golo.

Na abertura da jornada, na sexta-feira, o Ferroviário de Lichinga, que se vai revelando comoequipa-sensação do Moçambola, venceu o homónimo de Nacala por 2-0, ocupando o quarto lugar,com 18 pontos.

Na próxima jornada, a 11ª, haverá um duelo interessante entre a Black Bulls e Ferroviário de Lichinga. Eis os outros encontros: Liga-Matchedje de Mocuba, UD Songo-Fer.Nampula, Fer.Nacala-Fer.Beira, Desportivo-Incomáti, Fer.Maputo-ADV e Textáfrica-Costa do Sol.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction