Imprimir
Categoria: Economia
Visualizações: 1082

 

O GOVERNO moçambicano garante que pretende preservar o funcionamento do projecto de extracção e exportação de carvão em Moatize, província de Tete, assim que se consumar a saída da multinacional brasileira Vale.

O Ministro dos Recursos Minerais e Energia, Max Tonela, garantiu que o Governo tem estado a acompanhar o processo, assegurando que não seja posta em causa a continuidade das operações do empreendimento mineiro de carvão em Moatize nem do corredor de Nacala.
Segundo o ministro, que falava recentemente em Maputo, estão na fase conclusiva as negociações entre a Vale e a empresa japonesa Mitsui, detentora de participações no projecto, no sentido de se alcançar um acordo de transferência de interesses da empresa japonesa para a Vale, para depois a mineradora brasileira vender todo o projecto de extracção de carvão àuma nova entidade. Leia mais