PHC

Director: Lázaro Manhiça

O PRESIDENTE da República Francesa, Emmanuel Macron, reúne-se esta semana com dezenas de líderes africanos para debater o relançamento do crescimento, apostando no envolvimento dos parceiros internacionais e na criação de um pacote de “apoio massivo” às economias.

“A cimeira pretende aprofundar duas linhas de ajuda: a criação de um pacote massivo de apoio para o continente africano, para superar o choque da pandemia e, por outro lado, lançar as base para um novo ciclo de crescimento que beneficiará os povos africanos, mas que pode ser também um motor de crescimento para toda a economia mundial”, disse uma fonte do Eliseu em declarações aos jornalistas, que servem de lançamento da cimeira.

A cimeira sobre o Financiamento das Economias Africanas acontece na terça-feira (18), e surge na sequência da divulgação de um pedido de apoio dos líderes africanos, a 15 de Abril de 2020, no Financial Times e no Jeune Afrique, afectados não só pelo impacto da pandemia na saúde dos cidadãos, mas também na economia, que viu as debilidades já existentes agravadas pelas medidas de restrição necessárias para impedir a propagação do vírus.

Durante a conversa com os jornalistas, os conselheiros para África do presidente francês lembraram a ajuda já dada no ano passado pela França a África, no valor de 150 milhões de euros em subvenções e mais mil milhões em empréstimos, mas defenderam que o continente africano só vai conseguir ultrapassar a pandemia com mais apoios internacionais, o que explica também a extensa lista de entidades internacionais que marcarão presença, física ou virtual, em Paris.

Para além de dezenas de presidentes de nações africanas, os líderes do Fundo Monetário Internacional, do Banco Africano de Desenvolvimento, Organização Mundial do Comércio, Banco Mundial, Organização das Nações Unidas, União Europeia e União Africana, entre outros, estarão presentes nas sessões de terça-feira.

Apesar de o continente ter registado um número relativamente baixo de mortes, cerca de 130 mil mortos, o equivalente às mortes no Reino Unido, por exemplo, os responsáveis do Eliseu, a residência oficial do Presidente da República de França, salientam principalmente o efeito na economia e, consequentemente, na vida das pessoas, cujo rendimento “per capita” só deverá voltar aos níveis anteriores à pandemia em 2023 ou 2024. (LUSA)

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction