O governo, através do Instituto Nacional do Caju (INCAJU), vai desembolsar este ano cerca de 100 milhões de meticais  para a aquisição de químicos e pulverização de cerca de 5 milhões de cajueiros em todo o país.

O produto químico é subsidiado a 100 por cento, sendo que os produtores apenas pagam cerca de 50 meticais por cajueiro.
No lançamento da campanha nacional de tratamento químico de cajueiros, que iniciou, oficialmente, este mês, o INCAJU refere que a produção de castanha de caju em Moçambique é um negócio rentável, mas os produtores ainda não estão em condições de fazer o tratamento de cajueiros sem o apoio do governo, devido ao alto custo dos químicos para o combate a doenças e pragas.
Luciano Nanlelo, produtor de castanha de caju na província de Cabo Delgado, afirma que um cajueiro bem tratado pode produzir 15 quilos, segundo a AIM, que cita “O País”.
Anualmente, são desembolsados mais de 100 milhões de meticais para a aquisição de químicos e pulverização das plantas e, para reduzir os custos, o INCAJU está à procura de alternativas que possam ser sustentáveis para os produtores.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction