A AnadarkoMoçambique Área 1 (“AMA1”) confirmou, ontem, a conclusão bem-sucedida da aquisição da Anadarko Petroleum Corporation (“Anadarko”) (NYSE: APC) pela Occidental Petroleum Corporation (“Occidental”) (NYSE: OXY).

Como resultado da fusão, a Anadarko e a AMA1 continuarão a existir, como subsidiárias integrais da Occidental, com os accionistas pré-Fusão da Anadarko a deterem, aproximadamente, 16% das acções ordinárias da Occidental.

Em comunicado de imprensa, a Anadarko refere que conforme anunciado, anteriormente, no dia 3 de Agosto de 2019, a Occidental celebrou um contrato de compra e venda definitivo com a Total S.A. (“Total”).

Ao abrigo do contrato, a Total irá adquirir todos os activos da Anadarko na Argélia, no Gana, em Moçambique e na África do Sul, incluindo todas as participações da Anadarko na AMA1 (a “Transacção”).

A Transacção deverá ser concluída, imediatamente, após a recepção de todas as aprovações necessárias. A Occidental e a Total estão comprometidas com as operações da AMA1 em Moçambique e estão confiantes que a Transacção não terá impacto adverso nos negócios da AMA1 em Moçambique.

“A Occidental está, fortemente, comprometida em garantir, que durante o período em que for proprietária da AMA1, a direcção e o cronograma do projecto permaneçam inalterados. Durante as minhas discussões com o CEO da Total, Patrick Pouyanné, este expressou o forte compromisso da Total para com o projecto, e de construir sobre as bases sólidas estabelecidas pela Anadarko”, afirmou Vicki Hollub, presidente e CEO da Occidental.

A fonte acrescentou estar confiante “que a estreita parceria, que a Anadarko estabeleceu com Moçambique, irá continuar e tornar-se-á mais forte”.

Por seu turno, Patrick Pouyanné, CEO da Total, afirmou o compromisso da Total para com o projecto Mozambique LNG, reafirmando a importância da Mozambique LNG, para a Total, onde  a multinacional será o operador.

“Este é um activo único que se encaixa, perfeitamente, na nossa estratégia e nas nossas competências. Tenham, por favor, certeza do compromisso da Total em trazer o melhor das nossas capacidades humanas, técnicas e financeiras, para fortalecer ainda mais a execução do projecto sobre as bases sólidas estabelecidas pela Anadarko e seus parceiros, e implementar o projecto Mozambique LNG no interesse de todos os envolvidos, incluindo o Governo e o povo de Moçambique”, disse.

A Anadarko Moçambique Área 1, Lda. opera a Área 1Offshore com uma participação de 26.5 por cento. O co-empreendimento inclui a ENH Rovuma Área Um, S.A. (15 por cento), Mitsui E&P 2  Mozambique Area1 Ltd. (20 por cento), ONGC Videsh Ltd. (10 por cento), Beas Rovuma Energy Mozambique Limited (10 por cento), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10 por cento) e PTTEP Mozambique Area 1 Limited (8.5 por cento).

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction