Imprimir
Categoria: Economia
Visualizações: 1664

A REDUÇÃO do volume de importações determinada pela escassez de moedae o predomínio do uso do Porto de Nacala como plataforma de manuseamento de mercadorias em trânsito estão entre as causas do previsível incumprimento da meta de arrecadação de receitas fixada para este ano nas províncias de Nampula e Niassa. A informação foi partilhada há dias, em Nacala, pela presidente da Autoridade Tributária de Moçambique (AT), Amélia Nakhare, no quadro de uma visita de trabalho à província de Nampula, para monitoria das actividades desenvolvidas pela sua instituição. LEIA MAIS