Director: Lázaro Manhiça

A PRESIDENTEda Autoridade Tributária de Moçambique (AT), Amélia Muendane, defendeu a necessidade de maior partilha de experiências e estratégias de afirmação das mulheres no domínio fiscal.

A fonte, que também preside à Rede de Mulheres do Fórum das Administrações Tributárias Africanas (ATAF), explicou que a emancipação da mulher não é apenas questão estatutária, por ser caracterizada por ruptura efectiva com o espírito de subjugação baseada no género.

“Ela deve ser encarada como agente determinante na transformação das sociedades em todos os domínios, e muitos passos já foram dados nesta linha”, disse, falando ontem durante um seminário virtual do grupo consultivo da ATAF. Leia mais

Comments

A AGÊNCIA para a Promoção de Investimentos e Exportações (APIEX) faz balanço positivo dos primeiros dias da 56ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM) que este ano decorre em formato híbrido devido à pandemia da Covid-19.

O director-geral da APIEX, Gil Bires, disse que apesar de ser uma edição inovadora por se realizar pela primeira vez no modelo presencial e virtual, os dados disponíveis até ao momento são motivadores.
“Prevíamos, a título de exemplo, a participação de 250 expositores de forma presencial, mas o número que temos neste momento aponta para cerca de 300. Isso é um bom sinal”, disse.
Segundo a fonte, no que diz respeito a participação de forma virtual “estavam previstos 10 mil visitantes por dia, mas até ao momento estamos com cerca de 10.500 visitantes, o que nos leva a concluir que até ao final do evento o balanço continuará positivo”.
Anotou que a realização da feira em formato híbrido é desafiante por ser a primeira experiência do país devido a pandemia da Covid-19, o que coloca desafios tanto por parte do organizador que é o Ministério da Indústria e Comércio, representado pela própria APIEX, quer por parte dos próprios visitantes.
Para fazer face à pandemia, prosseguiu Bires, foi elaborado um processo que consistiu na criação de um protocolo sanitário em colaboração com o Ministério da Saúde (MISAU).
“O protocolo está sendo cumprido estritamente e prevê um conjunto de medidas que devemos observar para que, de facto, a feira se realize sem sobressaltos sobretudo com observância das medidas de contenção da Covid-19”, disse.
A FACIM é a maior feira de negócios multissectorial, a nível nacional, que promove oportunidades de negócios, expondo várias marcas, serviços e produtos.
Este ano a FACIM, que abriu as portas na passada segunda-feira (30), decorre sob o lema 'Industrialização: Inovação e Diversificação da Economia Nacional”.

Comments

ASECRETÁRIA de Estado na província de Sofala, Stella Zeca, exortou os empresários locais a aproveitarem a 56.ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM2021) para se inserirem nos mercados nacional e externo. 

“A nossa província tem potencial para competir com outros mercados do país, da região e do mundo, mas para que tal aconteça é necessário que, cada vez mais, os empresários juntem as energias para que fiquem mais robustecidos”, disse.

Stella Zeca, que falava na abertura do Dia de Sofala na FACIM 2021, uma cerimónia realizada na Casa dos Bicos, apontou como exemplo a existência de projectos na cadeia do agro-processamento, salientando ser um sector que está a registar grandes avanços.  

Na ocasião, a governante realçou o facto de a província de Sofala ser a porta de entrada para alguns países do “hinterland” e de ter potencialidades e abundância de recursos. Leia mais

Comments

O PRESIDENTE moçambicano, Filipe Nyusi, reconduziu hoje (01) no cargo o governador do Banco de Moçambique, Rogério Zandamela, anunciou a presidência.

"No uso das competências que lhe são conferidas [o Presidente da República], nomeou através de Despacho Presidencial Rogério Lucas Zandamela para o cargo de Governador do Banco de Moçambique", lê-se no comunicado divulgado pela presidência, sem mais detalhes.

Passaram cinco anos desde que o chefe do Estado nomeou Zandamela para o lugar, em substituição de Ernesto Gove, que terminou o mandato em 31 de Agosto de 2016 após dez anos no posto.

Rogério Lucas Zandamela era até então funcionário do Fundo Monetário Internacional (FMI), desde 1988, tendo exercido sucessivamente as funções de representante-residente da instituição no Brasil e de chefe de Missão do FMI para Arménia, Costa Rica, Gâmbia, Guatemala, Libéria, Malásia, Nicarágua, Peru, Trinidad e Tobago e Zimbabwe, no Departamento de Mercados Monetários e de Capital.

O governador agora reconduzido chegou ao banco central meses depois de irromper o escândalo das dívidas não declaradas, agora em julgamento, num montante actualizado pelo Ministério Público para 2,7 mil milhões de dólares (172,1 mil milhões de meticais ao cambio do dia).

O Banco de Moçambique interveio e conteve a acentuada derrapagem do metical que se seguiu, travando ao mesmo tempo a inflação galopante.

Durante os primeiros cinco anos de mandato de Zandamela, outros momentos marcantes passaram pela intervenção pública no Moza Banco, logo em 2016, entretanto vendido em 2018 à Kuhanha, entidade que gere o fundo de pensões dos trabalhadores do banco central.

No final de 2018, o governador enfrentou o 'apagão' de cinco dias das caixas automáticas por falta de pagamento à empresa gestora informática da rede e promoveu a implementação de uma solução alternativa.

Já este ano, o banco central interveio em Junho ao suspender o Standard Bank do Mercado Cambial Interbancário durante um mês, após detectar “infracções graves” com destaque para manipulação fraudulenta da taxa de câmbio.- LUSA

Comments

A EMPRESA de produção de cimento de construção Dugongo anunciou ontem que vai reajustar o preço do cimento do tipo 32.5 em cerca de 20,00 meticais o saco de 50kg.

A companhia assegura que o ajustamento do preço do cimento não vai interferir na capacidade de compra deste produto por parte dos cidadãos, uma vez que o mesmo continuará a ser vendido a custo inferiores aos praticados no mercado.
A garantia foi dada ontem pelo Presidente do Conselho de Administração da Dugongo Cimentos, Vítor Timóteo, durante a apresentação do stand da empresa na Feira Internacional de Maputo (FACIM).
Na ocasião, Timóteo disse que a alteração dos preços não vai atingir 20,00 meticais e vai abranger apenas o cimento tipo 32.5, mas o do tipo 42.5 continuará a ser comercializado pelo mesmo valor.
Afirmou ainda que a alteração dos preços deve-se a uma série de factores económicos, entre os quais a oscilação do dólar norte-americano, com impacto nas importações de parte da matéria-prima usada para a produção do cimento.
"Nós produzimos o clínquer, principal matéria-prima para a produção do cimento, mas importamos outros produtos,como é o caso limalha de ferro, gesso e carvão", disse Vítor Timóteo, justificando uma das razões para o ajustamento de um dos tipos de cimento produzido pela Dugongo Cimentos.
Acrescentou que,tal como no lançamento dos seus produtos, a Dugongo Cimentos vai continuar a manter a qualidade dosseusprodutosbem como torná-loscontinuamente acessíveisaos consumidores finais.
O PCAda Dugongo Cimentos afirmou ainda que apesar da alteração de o preço anunciadose reflectir nos distribuidores, estes continuarãoa comprar o cimento a um custo acessível, não se justificando um agravamento para os cidadãos.
"Quando começámos a produzir o dólar estava a 55,00meticais e agora variou para 64,00a 65,00meticais, portanto dez unidades. Mesmo assim a nossa tonelada de cimento continuará a ser vendida um pouco abaixo de 100 dólares", garantiu o gestor.
Inaugurada este ano pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, está é a primeira vez que a Dugongo Cimentos participa na Feira Internacional de Maputo, integrada no Pavilhão da Província de Maputo, especificamente no distrito de Matutuíne, onde se localiza esta unidade fabril.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction