Director: Lázaro Manhiça

A DESCARGA de combustíveis no Porto da Matola, na província de Maputo, passa a ser realizada em menos tempo, com a instalação, no local, deescada telescópica de acesso aos navios.

Para efeito, a empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) inaugurou ontem o equipamento,que resulta de um investimento de 390 mil euros. 

Na cerimónia, os gestores do porto fizeram demonstração do funcionamento do equipamento a opresidente do Conselho de Administração dos CFM, Miguel Matabel.

Segundo Arlindo Fondo, director do Porto da Matola, o novo equipamento de trabalho, o primeiro do género no país, permitirá não só o cumprimento do regulamento da empresa e das regras internacionais de segurança, como também contribuirá para a redução do tempo nas operações.

“Acabámos de inaugurar a escada telescópica que dá acesso ao navio a partir do cais, equipamento que permite acesso seguro a todos os que se fazem a este ponto, com destaque para as autoridades, operadores, entre outros”, disse.

Acrescentou que antes da aquisição deste equipamento o acesso era feito pela escada do próprio navio mas, pela configuração, não há espaço seguro para isso, dependendo da variação da maré para posicionar, contrariando as normas de segurança.

De acordo com o gestor, com a escada telescópica, a manobra é muita rápida, independentemente da variação da maré e do tamanho do navio, ajudando assim a melhorar alguns indicadores.

Neste tempo de Covid-19, o terminal recebe em média nove navios por mês, contra doze no passado.

Comments

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, trabalha hoje na Zambézia, onde vai dirigir a cerimónia do lançamento da primeira pedra da Implantação da Linha de Alta Tensão, ligando Chimuara e Alto-Molocue.

Esta linha, em Chimuara, será o primeiro troço da espinha dorsal do Sistema de Transporte de Energia Eléctrica, ligando o Norte e o Sul do pais e vai assegurar o incremento dos volumes de energia de Cahora Bassa na regiao norte, e uma melhoria da qualidade de fornecimento de energia electrica às províncias da Zambézia, Nampula, Cabo Delgado e Niassa.

O projecto inclui ainda o melhoramento da qualidade e fiabilidade de energia eléctrica nos distritos de Mopeia, Quelimane, Morrumbala, Nicoadala, Mocuba e Alto Molocué, alem da construção de duas subestações, em Chimuara e Alto Molocué, com equipamentos da mais alta tecnologia do sector de energia.

Comments

MAIS moçambicanos terão acesso a sistemas de água potável e saneamento seguros que vão melhorar a saúde, reduzir a pobreza e tornar as comunidades mais resilientes, especialmente após desastres naturais como ciclones ou secas.

Para o efeito, o Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos (MOPH-RH) estabeleceu um entendimento com os Estados Unidos de América (EUA) para conceder mais de USD 90 milhões para fortalecer e expandir o acesso aos serviços básicos de água saneamento em Moçambique.

Ao abrigo do acordo, a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a Direcção Nacional de Serviços de Água e Saneamento (DNSAS) do MOPHRH irão colaborar no financiamento projectos de água, saneamento e higiene (WASH), melhorando a gestão dos recursos hídricos, indica um comunicado que o “Notícias” teve acesso.

O acordo foi rubricado de forma virtual pela directora do Gabinete de Agricultura, Meio Ambiente e Negócios da USAID, Mary Hobbs, e pelo director Nacional da água e Saneamento, Raúl Mutevuie, em representação do Governo de Moçambique.

Comments

FOI eleito hoje (17) Boavida José Lopes Muhambe, para o cargo de presidente do Conselho de Administração da Hidroeléctrica Cahora Bassa, em substituição de Pedro Couto.

A eleição ocorreu em Assembleia Geral extraordinária realizada, na cidade de Maputo, cuja agenda era apreciar a proposta da eleição Presidente do Conselho de Administração (PCA), indica um comunicado que o Notícias teve acesso.

De acordo com a nota, o novo presidente é quadro da HCB tendo assumido até 2019, a função de director de aprovisionamento. O eleito é mestre em desenvolvimento internacional e licenciado em gestão empresarial, e acrescenta-se mais de 20 anos de experiencia na área de docência.

O documento acrescenta que o novo PCA vai juntar-se aos membros do Conselho de administração, Moisés Machava, Abraão dos Santos Rafael, Rui Manuel Alfredo da Rocha, Nilton Sérgio Rebelo Trindade, Manuel Tomé e João Faria da Conceição.

Comments

A INSPECÇÃO Nacional de Actividades Económicas (INAE) alerta a população para não consumir o azeite alimentar de marca Oliveira (Andorinha) do lote 9127322, por considerar nocivo à saúde humana.

O alerta feito hoje (16), na cidade de Maputo, pela Inspectora-geral da instituição, Rita Freitas, indicou que decorrem trabalhos, a nível nacional, recolha destes produtos que se encontram nos postos de venda.

Neste contexto, foram cativados na província de Zambézia 75 latas, duas em Sofala, e quantidades não especificadas na cidade de Maputo.  

Rita Freitas indicou que as amostras do azeite foram encaminhadas para o laboratório para a devida verificação e análise e o resultado confirmou que o óleo não reúne condições para o seu consumo humano.

Ao todo, a inspecção apreendeue destruiu diversos produtos mal conservadose com prazo de validade vencido, avaliados em cerca de 213 mil meticais. 

Por outro lado, a entidade fiscalizou, de 01 a 14 de Março, em todo país, 799 estabelecimentos comerciais, onde foram constatadas várias irregularidades com destaque para a violação do decreto presidencial. Destes, 200 foram encerrados.

A Inspectora-geral apontou que as províncias com maior número de empreendimentos fiscalizados foram Sofala (147), Tete (103) e Zambézia (102).

Dosempreendimentos inspeccionados destacam-se restaurantes, discotecas bares, bancas, barracas,bottle stores,mercados municipais, salões e quintas de eventos.

Enquanto isso, a fonte referiu que a instituição está a monitorar o funcionamento ilegal de discotecas sobretudo na cidade de Maputo.

“No fim-de-semana encerramos uma discoteca que funcionava clandestinamente em violação das medidas de prevenção da Covid-19. No local encontramos mais de 200 pessoas, sobretudo jovens com idades compreendidas entre 18 e 25 anos”, sublinhou.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction