Imprimir
Categoria: Internacional
Visualizações: 425

O PRESIDENTE argelino, Abdelmadjid Tebboune, ordenou a libertação de 101 pessoas presas por convocar ou participar de manifestações do movimento de protesto ‘Hirak’, de acordo com um comunicado presidencial divulgado nesta quarta-feira (14) à noite.

Esse gesto se soma à libertação,decretada no início do mês, de outros 18 presos também por sua relação com esse movimento.

A maioria deles eram jovens detidos nas semanas que antecederam as eleições legislativas de 12 de Junho.

Antes do anúncio da libertação dessas cem pessoas, o ComitéNacional para a Libertação dos Detidos contava cerca de 300 pessoas na prisão por actos relacionados ao ‘Hirak’ou às liberdades individuais.

‘Hirak’é um movimento pacífico sem uma liderança definida que nasceu em Fevereiro de 2019 da rejeição popular a um quinto mandato presidencial de Abdelaziz Buteflika e reivindica uma mudança radical do sistema de governo na Argélia.