Imprimir
Categoria: Internacional
Visualizações: 277

A PROCURADORIA da República de Madagáscar anunciou hoje (22) que foram presas várias pessoas, entre os quais estrangeiros, alegadamente envolvidas na tentativa de assassinato do presidente malgaxe.

Segundo a France Press, que cita fontes diplomáticas, entre os detidos encontram-se dois cidadãos franceses.

"Vários cidadãos malgaxes e estrangeiros foram presos na terça-feira no âmbito de um processo sobre a segurança do Estado", disse quarta-feira à noite aos jornalistas a procuradora-geral Berthine Razafiarivony.

"De acordo com provas materiais na nossa posse, estes indivíduos elaboraram um plano de eliminação e neutralização de diversas personalidades malgaxes, entre as quais, o chefe de Estado", indicou ainda a procuradora. 

"A investigação prossegue, mas a Procuradoria-Geral garante que tudo sobre este assunto vai ser tornado público", acrescentou Razafiarivony.

No passado dia 26 de Junho, na altura das celebrações que assinalavam a Independência da República de Madagáscar, as autoridades anunciaram que tinham frustrado a tentativa de assassinato do secretário de Estado responsável pela polícia e braço direito do presidente.-LUSA